Menu
KAGIVA
sexta, 22 de junho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
RISCO NA ELEIÇÃO

Gilmar Mendes avalia suspender extinção de zonas eleitorais em MS

25 Ago 2017 - 08h07Por DA REDAÇÃO

Para evitar a extinção de 11 zonas eleitorais em Mato Grosso do Sul, o senador Pedro Chaves (PSC) reuniu-se nesta semana com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes.  

O encontro tratou das possíveis implicações que o fechamento dessas zonas causará ao processo eleitoral no Estado. Um deles, conforme o senador, se trata do combate à corrupção.

“Com a extinção de zonas eleitorais, diminui-se a quantidade de promotores e juízes que hoje estão engajados no combate à corrupção eleitoral com a compra de votos e a captação irregular de recursos de campanha”, declarou o senador.

Conforme Resolução 23.520, de 1º de junho de 2017 aprovada pelo pleno do TSE, deverão ser extintas as zonas eleitorais de Porto Murtinho, Pedro Gomes, Rio Negro, Deodápolis, Inocência, Nioaque, Sete Quedas, Anaurilândia, Corumbá, Três Lagoas e Ponta Porã. 

“O ministro Gilmar Mendes entendeu que, em alguns casos, como por exemplo Ponta Porã, o fechamento da zona eleitoral poderá trazer problemas para o processo eletivo. Então, ele ficou de avaliar o caso primeiro”, disse o senador.

A primeira resolução previa que 26 zonas eleitorais no Estado seriam extintas, mas houve mudança de última hora. A Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul) fez reunião em 19 de junho para abordar o perigo de se extinguir algumas zonas eleitorais. Nesse encontro, deputados estaduais e federais participaram para tentar reverter a medida.

REORGANIZAÇÃO DO ELEITORADO

Na última quarta-feira, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) aprovou Resolução 603/2017 que dispõe sobre a reorganização do eleitorado de 29 municípios do Estado.

A medida inclui a redistribuição dos eleitores e a transformação de algumas zonas eleitorais em postos de atendimento.

De acordo com o TRE, é importante esclarecer que os eleitores das Zonas Eleitorais extintas continuarão votando normalmente nos mesmos locais no dia das Eleições, bem como poderão se dirigir ao posto de atendimento local para  tirar o primeiro título, segunda via, fazer revisão ou transferência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Nova portaria regulamenta expediente de servidores em jogos do Brasil
OPORTUNIDADES DE EMPREGOS
Terminam hoje inscrições de processo seletivo da UFMS para 48 vagas
TEMPO E TEMPERATURA
Inverno começa seco e quente em Mato Grosso do Sul
OPORTUNIDADES
Senai oferece 1,5 mil vagas em 15 cursos técnicos
CIDADES
IFMS divulga aprovados na graduação e chama para matrícula a partir de sexta
REPERCUSSÃO
Assédio a mulher na Rússia envergonhou Brasil, diz ministro do Esporte
OPORTUNIDADES
Governo de MS autoriza concurso público para Fiscal de Obras
OPORTUNIDADES
Inscrições para concurso da PM e Bombeiros encerram nesta sexta
GRANA EXTRA
PIS/Pasep é liberado para todas as idades
LOTERIA
Mega-Sena, concurso 2.047: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 9,5 milhões