Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quinta, 16 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Furtos e fraudes de energia elétrica causam prejuízo médio de R$ 112 milhões por ano

5 Ago 2011 - 15h46Por Correio do Estado

Os furtos e fraudes geram um prejuízo médio de R$ 112 milhões por ano e a energia desviada equivale ao consumo da cidade de Dourados, a segunda maior de Mato Grosso do Sul. Quem furta não lesa só a concessionária mas também o Estado, que perde na arrecadação de impostos, e os clientes honestos que acabam sentindo um impacto maior na tarifa.

Os dados foram divulgados durante palestra do Ciclo de Congressos Jurídicos que acontece na Capital. O vice-presidente da Enersul Cyro Boccuzzi falou sobre o problema na palestra "A Enersul Prevenindo o Furto e o Desperdício de Energia".

A platéia composta por juízes, promotores, delegados e acadêmicos de direito conheceu desde os números que quantificam a dimensão do problema gerado pelo desvio da energia elétrica bem como a necessidade de uma mobilização de toda a sociedade para combater esse tipo de crime. 

Hoje 80% das famílias atendidas pela Enersul pagam pelo conforto da energia menos de R$ 4,90 por dia para toda família. Esse valor é menor que o preço de uma única passagem de ida e volta no transporte coletivo da capital. Ainda dentro deste universo de clientes quem atender aos critérios da tarifa social pode ter desconto de até 65% no valor final da conta. Por isso, ninguém precisa furtar energia elétrica. A energia é um bem acessível a todos com baixo custo e grandes benefícios. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
BONITO - MS - NAS ESTRADA VICINAIS
Agesul e prefeitura recuperam 120 Km de estradas vicinais em Bonito (MS)
BONITO - MS
Incêndio de grandes proporções destrói imóvel do Instituto Internacional Visão de Vida de Bonito
ELEIÇOES 2018 NO ESTADO
Renúncia de Chaves abre crise e tensão na campanha de Odilon
COMPORTAMENTO
Colégio Militar pula página com foto de gays para não falar de homossexualidade
CULTURA
Aniversário de 100 anos da Morada dos Baís terá concerto, espetáculo e memórias
ESPORTE
Lutador de MS é convocado para Mundial em outubro na Turquia
POLÍTICA
Com fim da hegemonia da TV, internet pode ser decisiva nestas eleições
POLÍTICA
TSE registra mais de 23 mil candidatos às eleições de outubro
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)