Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sexta, 17 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Fukushima liberou 168 vezes mais césio que bomba de Hiroshima

26 Ago 2011 - 10h47Por Revista Veja online

A quantidade de césio radioativo liberada em 11 de março passado da central nuclear japonesa de Fukushima foi 168 vezes mais forte do que a liberada pela bomba atômica de Hiroshima em 1945, afirmou nesta quinta-feira o jornal Tokyo Shimbun. A publicação, que diz basear-se em estimativas do governo, informa que os reatores danificados pelo tsunami liberaram até agora 15.000 terabecquerels (unidade de medida para radioatividade) de césio 137.

Em agosto de 1945, a bomba atômica largada pelo exército americano sobre a cidade de Hiroshima liberou instantaneamente na atmosfera 89 terabecquerels deste isótopo, cujo período radioativo é de 30 anos, acrescentou o jornal. "Em teoria, a quantidade de césio 137 liberado pela central de Fukushima é, portanto, 168,5 vezes mais importante que a da bomba americana", conclui o periódico, acrescentando que a estimativa foi feita pelo governo a pedido de uma comissão parlamentar.

No entanto, a comparação termina aí, já que a bomba atômica provocou 140.000 mortos, em um primeiro momento, pelo calor ou a onda da explosão, e nos meses seguintes pelos efeitos das radiações. O acidente de Fukushima no momento não causou morte alguma.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'
ACIDENTE
Mulher é arremessada e morre em capotamento de veículo na BR-359
CIDADES
Mutirão vai analisar 11 mil processos de presos condenados em MS
DEFESA SANITÁRIA
Campanha de vacinação da febre aftosa atinge 99% de cobertura em MS
SAÚDE
Pesquisa indica que 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente