Menu
BONITO CÂMARA OUTUBRO 2019
segunda, 21 de outubro de 2019
BANNER ANNA
Busca
OKA_BONITO_ABRIL

Fraude em exame de Ordem será investigada pelo MPE

5 Mar 2011 - 10h52Por Jornal de Vilhena

O inquérito que investiga suposta fraude no exame de ordem da Ordem dos Advogados do Brasil em Rondônia (OAB-RO) deverá ser de competência do Ministério Público Estadual, e não do Ministério Público Federal. A decisão é do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), publicada na edição de sexta-feira (4) no Diário Oficial da União.

A votação por unanimidade acompanhou a relatora Julieta Fajardo Cavalcante de Albuquerque. Segundo os procuradores do CNMP, a Ordem dos Advogados do Brasil não é uma autarquia federal. Logo há “inexistência de cometimento de infração penal praticada em detrimento de bens, serviços ou interesse direto específico da União (…)”.

O processo que apura as supostas fraudes tramita atualmente na 3ª Vara Federal de Porto Velho. O Exame de Ordem da OAB no País vem sendo investigado pela Polícia Federal que detectou várias irregularidades no concurso de 2009. Em 2003, o concurso da OAB-RO já havia sido anulado por motivos parecido: venda do gabarito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - PROJETO AMBIENTAL
Bonito: Associação Pestalozzi tem projeto ambiental aprovado pelo BB e ponto ecológico é prioridade
TEMPORAL E DESTRUIÇÃO
Em MS, Temporal com vento de 74km destelha casas, derruba árvores e fere eletricista
POLÍTICA
Com problemas de saúde, Zeca do PT deixa presidência do partido
CASO DE POLÍCIA
Bebê de 1 ano é internada com suspeita de overdose em MS
ENEM 2019
Confira 13 temas de redação que podem cair no Enem 2019
BONITO - MS - DESTAQUE NO LA NACIÓN
Bonito (MS) recebe 7 mil paraguaios a cada ano, Augusto Mariano destacou ao jornal La Nación
ESTUPRO
Repositor estupra sobrinha de 13 anos e fala que é apaixonado pela vítima
Tiroteio
Em frente de crianças, homem atira seis vezes contra vizinho
Agenda Oficial
Bolsonaro chega ao Japão para giro por Asia e Oriente Médio
BONITO - MS - ATENÇÃO BONITO
Atenção Bonito, Prazo para refinanciar impostos e taxas é prorrogado para dezembro