Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
quinta, 21 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

França decide resgatar todos os corpos de vítimas do voo 447

6 Mai 2011 - 18h03Por Estadão.com

Gendarmerie National, a polícia militar da França, anunciou no início da noite desta sexta-feira, em Paris, que decidiu resgatar todos os corpos de vítimas do voo AF-447, acidentado no oceano Atlântico em 31 de maio de 2009. A opção por trazer os passageiros e tripulantes à superfície foi tomada depois que um segundo corpo foi recuperado, "com toda dignidade", na manhã de hoje. Para efetuar os trabalhos, 12 novos especialistas serão enviados nos próximos dias a bordo do navio Ile de Sein.

A deliberação foi informada em nota oficial distribuída pela Polícia Militar. "As equipes do Instituto de Pesquisa Criminal da Gendarmerie Nationale (IRCGN) e da Gendarmerie dos Transportes Aéreos (GTA) daqui para a frente vão ser reforçadas quando da substituição da tripulação, prevista para 20 de maio", diz a polícia. "Uma dúzia de especialistas da Gendarmerie procederá, então, durante cerca de 15 dias, o resgate de todos os corpos e objetos pessoais que poderão ser recuperados."

A decisão leva em conta as duas primeiras experiências realizadas pelas equipes do Escritório de Investigação e Análise para a Investigação Civil (BEA) e pelos investigadores da polícia. Operações realizadas nas manhãs de quinta e de sexta-feira permitiram resgatar corpos afivelados aos assentos. Também ficou claro que alguns objetos dispersos no solo, a 3,9 mil metros de profundidade, poderão ser trazidos à tona. "Estas operações foram realizadas com toda a dignidade, em condições difíceis", ressaltou a policia.

Como no caso dos dois primeiros corpos trazidos à tona, os restos mortais passarão por coleta de amostras de DNA, na esperança de que possam ser identificadas por exames laboratoriais - a polícia francesa diz ainda não ter certeza de que será bem sucedida na iniciativa, mesmo com os meios científicos postos à disposição do caso. As amostras serão transportadas, junto com as duas caixas-pretas já localizadas, à cidade de Caiena, na Guiana Francesa, e então a Paris.

Na segunda-feira, uma reunião entre os diferentes órgãos envolvidos nas buscas - BEA, Ministério dos Transportes, polícia e Justiça - será realizada em Paris para avaliar o andamento das operações no Atlântico. Até aqui, as autoridades francesas tratam o assunto com o maior cuidado porque o resgate dos corpos gera controvérsia entre as famílias de vítimas, tanto na França, quanto no Brasil. Alguns parentes informaram as associações que não desejariam que a recuperação acontecesse, preferindo que os corpos jazessem no fundo do mar.

A decisão de realizar o resgate, entretanto, não cabe às famílias. Foi a Justiça da França, por meio da juíza de instrução Sylvie Zimmerman, do Ministério Público de Paris, que ordenou a operação. Os restos mortais são peças no processo judicial sobre a queda do Airbus A-330-200, no qual a Air France, companhia à qual o avião pertencia, e a Airbus, fabricante da aeronave, respondem por "homicídio culposo" - não intencional.

Em nota divulgada hoje, a Associação de Familiares de Vítimas do Voo AF-447 havia reiterado o pedido para que todos os esforços fossem realizados pela recuperação dos corpos.

Ao Estado, Nelson Faria Marinho, presidente da entidade e um dos grandes defensores do resgate - desde o acidente, o militar aposentado já esteve 13 vezes na França para discutir sobre o acidente -, demonstrou satisfação com a postura da polícia francesa. "É muito boa notícia que estou recebendo agora. É claro que ficamos satisfeitos com isso, porque a cultura brasileira pressupõe o sepultamento como fim da vida, logo é importante para as famílias que os corpos sejam recuperados", argumentou, mencionando também questões burocráticas: "Outro fator importante é que várias famílias ainda não têm a Certidão de Morte Presumida, e agora poderão vir a ter receber o Certificado de Óbito."

Até agora, somadas as buscas realizadas há dois anos e as operações atuais, 52 corpos de vítimas, dos 228 passageiros e tripulantes do voo AF-447, já foram localizados.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança