AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 12 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
KAGIVA
6 de Maio de 2011 18h03

França decide resgatar todos os corpos de vítimas do voo 447

Estadão.com

Gendarmerie National, a polícia militar da França, anunciou no início da noite desta sexta-feira, em Paris, que decidiu resgatar todos os corpos de vítimas do voo AF-447, acidentado no oceano Atlântico em 31 de maio de 2009. A opção por trazer os passageiros e tripulantes à superfície foi tomada depois que um segundo corpo foi recuperado, "com toda dignidade", na manhã de hoje. Para efetuar os trabalhos, 12 novos especialistas serão enviados nos próximos dias a bordo do navio Ile de Sein.

A deliberação foi informada em nota oficial distribuída pela Polícia Militar. "As equipes do Instituto de Pesquisa Criminal da Gendarmerie Nationale (IRCGN) e da Gendarmerie dos Transportes Aéreos (GTA) daqui para a frente vão ser reforçadas quando da substituição da tripulação, prevista para 20 de maio", diz a polícia. "Uma dúzia de especialistas da Gendarmerie procederá, então, durante cerca de 15 dias, o resgate de todos os corpos e objetos pessoais que poderão ser recuperados."

A decisão leva em conta as duas primeiras experiências realizadas pelas equipes do Escritório de Investigação e Análise para a Investigação Civil (BEA) e pelos investigadores da polícia. Operações realizadas nas manhãs de quinta e de sexta-feira permitiram resgatar corpos afivelados aos assentos. Também ficou claro que alguns objetos dispersos no solo, a 3,9 mil metros de profundidade, poderão ser trazidos à tona. "Estas operações foram realizadas com toda a dignidade, em condições difíceis", ressaltou a policia.

Como no caso dos dois primeiros corpos trazidos à tona, os restos mortais passarão por coleta de amostras de DNA, na esperança de que possam ser identificadas por exames laboratoriais - a polícia francesa diz ainda não ter certeza de que será bem sucedida na iniciativa, mesmo com os meios científicos postos à disposição do caso. As amostras serão transportadas, junto com as duas caixas-pretas já localizadas, à cidade de Caiena, na Guiana Francesa, e então a Paris.

Na segunda-feira, uma reunião entre os diferentes órgãos envolvidos nas buscas - BEA, Ministério dos Transportes, polícia e Justiça - será realizada em Paris para avaliar o andamento das operações no Atlântico. Até aqui, as autoridades francesas tratam o assunto com o maior cuidado porque o resgate dos corpos gera controvérsia entre as famílias de vítimas, tanto na França, quanto no Brasil. Alguns parentes informaram as associações que não desejariam que a recuperação acontecesse, preferindo que os corpos jazessem no fundo do mar.

A decisão de realizar o resgate, entretanto, não cabe às famílias. Foi a Justiça da França, por meio da juíza de instrução Sylvie Zimmerman, do Ministério Público de Paris, que ordenou a operação. Os restos mortais são peças no processo judicial sobre a queda do Airbus A-330-200, no qual a Air France, companhia à qual o avião pertencia, e a Airbus, fabricante da aeronave, respondem por "homicídio culposo" - não intencional.

Em nota divulgada hoje, a Associação de Familiares de Vítimas do Voo AF-447 havia reiterado o pedido para que todos os esforços fossem realizados pela recuperação dos corpos.

Ao Estado, Nelson Faria Marinho, presidente da entidade e um dos grandes defensores do resgate - desde o acidente, o militar aposentado já esteve 13 vezes na França para discutir sobre o acidente -, demonstrou satisfação com a postura da polícia francesa. "É muito boa notícia que estou recebendo agora. É claro que ficamos satisfeitos com isso, porque a cultura brasileira pressupõe o sepultamento como fim da vida, logo é importante para as famílias que os corpos sejam recuperados", argumentou, mencionando também questões burocráticas: "Outro fator importante é que várias famílias ainda não têm a Certidão de Morte Presumida, e agora poderão vir a ter receber o Certificado de Óbito."

Até agora, somadas as buscas realizadas há dois anos e as operações atuais, 52 corpos de vítimas, dos 228 passageiros e tripulantes do voo AF-447, já foram localizados.

 

Comentários
Veja Também
AGÊNCIA_SUCURI_LATERAL
Últimas Notícias
  
conde_foto
dothshop
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.