Menu
BONITO CÂMARA OUTUBRO 2019
segunda, 21 de outubro de 2019
BANNER ANNA
Busca
agencia

Forte terremoto e tsunami atingem costa do Japão

11 Mar 2011 - 09h14Por Agência de Notícias

O terremoto de magnitude 8,9 que atingiu a costa nordeste do Japão nesta sexta-feira, seguido de um tsunami com ondas de até dez metros de altura, deixou ao menos 23 mortos e causou sérios estragos em diversas cidades da região, segundo informações das autoridades locais.

As vítimas incluem um homem de 67 anos, esmagado por uma parede, e uma idosa, atingida pelo teto da própria casa, que desabou, ambos na região de Tóquio.
Outras três pessoas morreram soterradas dentro de casa em Ibaraki, a nordeste da capital.

A Agência Nacional de Polícia, entretanto, afirmou que ainda não é capaz de confirmar o balanço de mortos.

"Os danos foram tão grandes que ainda levará muito tempo até que consigamos reunir todas as informações", indicou um porta-voz do órgão.

Segundo as autoridades sismológicas japonesas, este é o pior terremoto dos últimos 140 anos no país.

Imagens da emissora de televisão japonesa NHK mostram carros, barcos e até mesmo casas sendo levados pelas ondas gigantes geradas pelo tsunami nas províncias de Aomori, Miyagi, Iwate, Fukushima e Ibaraki.

O terremoto também causou vários incêndios, entre eles um de grandes proporções em uma refinaria na província de Chiba, sem relatos de vítimas até o momento.
A NHK também exibiu chamas e fumaça negra saindo de um edifício em Odaiba, um subúrbio de Tóquio.

O tremor também paralisou em todo o país os serviços do "shinkansen", o trem-bala japonês. Em Tóquio foram desativados os serviços de metrô e de trens suburbanos, e passageiros foram retirados do aeroporto de Narita.

Cerca de quatro milhões de casas estão sem energia elétrica em seis províncias do país, segundo informaram as autoridades.

O terremoto, que ocorreu às 14h46 da hora local (2h46 de Brasília) e alcançou 7 graus na escala japonesa --o nível máximo, teve epicentro no Oceano Pacífico, a 130 quilômetros da península de Ojika, e a uma profundidade de dez quilômetros.
O Japão, situado no "anel de fogo do Pacífico", sofre frequentes terremotos, que raramente causam vítimas devido às rígidas normas de construção vigentes no país.

Após o terremoto que ocorreu há dois dias no país, a Agência Meteorológica japonesa advertira que durante uma semana poderia haver réplicas, embora tenha sido estimado que a intensidade máxima seria de magnitude 4 pela escala japonesa --cujo nível máximo é 7.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - PROJETO AMBIENTAL
Bonito: Associação Pestalozzi tem projeto ambiental aprovado pelo BB e ponto ecológico é prioridade
TEMPORAL E DESTRUIÇÃO
Em MS, Temporal com vento de 74km destelha casas, derruba árvores e fere eletricista
POLÍTICA
Com problemas de saúde, Zeca do PT deixa presidência do partido
CASO DE POLÍCIA
Bebê de 1 ano é internada com suspeita de overdose em MS
ENEM 2019
Confira 13 temas de redação que podem cair no Enem 2019
BONITO - MS - DESTAQUE NO LA NACIÓN
Bonito (MS) recebe 7 mil paraguaios a cada ano, Augusto Mariano destacou ao jornal La Nación
ESTUPRO
Repositor estupra sobrinha de 13 anos e fala que é apaixonado pela vítima
Tiroteio
Em frente de crianças, homem atira seis vezes contra vizinho
Agenda Oficial
Bolsonaro chega ao Japão para giro por Asia e Oriente Médio
BONITO - MS - ATENÇÃO BONITO
Atenção Bonito, Prazo para refinanciar impostos e taxas é prorrogado para dezembro