Menu
sexta, 24 de janeiro de 2020
BANNER ANNA
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Fazendeiros acionam justiça para obterem reintegração de posse em Bonito

14 Mar 2011 - 16h04Por Campo Grande News

Os proprietários da fazenda Santa Clara, no município de Bonito, acionaram a justiça e a Polícia Federal para que seja feita a reintegração de posse da área, invadida por índios da etnia kadiweu no último sábado.

Hoje, apenas 15 índios continuam no local e não representam perigo, disse Nilton Pereira Vargas, proprietário da fazenda. Entre os indígenas, há um que se intitulou cacique da Aldeia Córrego do Ouro, que fica em Bodoquena.

O advogado do fazendeiro solicitou o revigoramento da decisão de manutenção de posse, concedida pela justiça em 2003.

“Há sete anos não tínhamos problemas, mas desde o ano passado que a situação voltou a ficar tensa. Em outubro do ano passado, eles entraram na fazenda, mataram gado para comer e reclamaram que a terra é deles”, conta Nilton.

O marco da área indígena foi feito há muitos anos em cima da Serra da Bodoquena, que divide os municípios de Bonito e Porto Murtinho. Os proprietários alegam que os indígenas reivindicam uma área em Bonito, mesmo residindo na aldeia ao pé da serra, dentro da área de Porto Murtinho.

“Ninguém subiu a serra para corrigir a marcação da área indígena. Mas esperamos que a Polícia Federal venha cumprir a ordem judicial”, declarou o fazendeiro.

A fazenda Santa Clara fica distante 65 quilômetros de Bonito. De acordo com os proprietários, cerca de dois mil índios moram na reserva, localizada a mil metros da serra.

Deixe seu Comentário

Leia Também

QUE COISA
Homem destrói Jeep de R$ 110 mil um dia após comprar carro em MS
MORTE A ESCLARECER
Homem é encontrado boiando no Rio Miranda em Jardim
TODO CUIDADO É POUCO
Escorpião sai de sacola de brinquedo e pica menina de três anos
CRIME CRUEL
Dona de casa e adolescente mataram e enterraram menina de 13 anos
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Pai e filha, moradores de Dourados, morrem em acidente no Paraná
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Ação do governo reduz níveis de turvamento das águas dos rios após chuvas em Bonito e região
ESTUPRO
Construtor estupra enteada de 12 anos após trancar esposa em cômodo de casa
PEDOFILIA
Polícia prende pedófilo após pai se passar pela criança em conversa no WhatsApp
PRESO
Suspeito de matar homem esfaqueado no pescoço é preso em Dourados
Júri
Acusado de matar com 15 facadas é condenado a 1 ano de prisão e multa