Menu
mutantes
domingo, 17 de fevereiro de 2019
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Falta internet rápida para Brasil evoluir, diz pesquisador

24 Ago 2011 - 11h31Por Folha.com

O que falta para o Brasil, um país com gigantescas áreas de floresta, vários quilômetros de costa, grande população, ampla fonte de recursos naturais e uma cultura rica, crescer e evoluir? Internet de alta velocidade, segundo Don Tapscott, pesquisador canadense reconhecido mundialmente por seus estudos e livros sobre o impacto da tecnologia nos negócios e na sociedade.

Tapscott falou por cerca de 1h na Faap (Fundação Armando Alvares Penteado), em São Paulo, para divulgar o 14º livro de sua carreira, "Macrowikinomics: Reiniciando os Negócios e o Mundo", em coautoria com Anthony D. Williams.

O pesquisador, que enumerou as qualidades do Brasil citadas acima, disse que a internet é um instrumento poderoso de transformação da sociedade. E, mais do que apenas dar condições de acesso, o país precisa de uma "revolução digital", para que a cultura de internet penetre em todas as instituições da nação.

Ele citou um programa em Portugal que consiste em assegurar o direito ao acesso de todas as crianças que estão na escola a um laptop com internet rápida. "O Brasil precisa disso", disse Tapscott. "Mas precisa também modificar a relação entre professor e aluno para que isso funcione. O problema não é dinheiro. Essas coisas estão sendo tocadas pela iniciativa privada lá fora, a exemplo de Portugal. E, mesmo se tivesse que ser bancado pelo governo, o governo do Brasil tem mais dinheiro do que o de Portugal", completou.

Parte importante do trabalho de Tapscott, a reorganização das cidades também teve espaço dedicado em seu último livro. O canadense tem projetos em várias cidades do mundo sobre problemas urbanos que vão desde reorganização de trânsito até novas formas de participação popular para resolver esses problemas, sempre com ajuda da tecnologia.

"Se o governo de São Paulo soltar hoje os dados sobre acidentes de motocicletas na cidade, amanhã mesmo alguém terá jogado esses dados no Google Maps. Alguns motociclistas podem olhar esses mapas e identificar as áreas mais perigosas. Esse mapa pode salvar vidas e o governo não terá gasto um centavo", diz.

Sobre o mundo corporativo, o pesquisador disse que a presença das empresas é importante no meio virtual não só para manter a comunicação com clientes ou público em potencial. "Na web as empresas também cooperam em múltiplas formas, e isso influencia o modo de produção. Já aconteceu com o Linux, que foi feito por centenas de programadores que nunca se conheceram. Agora as empresas estão cooperando e isso está transformando o mundo", disse.

"Esse livro é o trabalho da minha vida e minha obra mais importante. Espero que muitas pessoas o leiam, especialmente a presidente de vocês", finalizou.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL NO RIO DE JANEIRO
Descalça, sob chuva e com beijo, Ellen Rocche ensaia em SP, VEJA FOTOS
MINIBOLT - VEJA VÍDEO
MiniBolt, menino de 7 anos está chocando o mundo com sua velocidade espantosa, VÍDEO
DOURADOS - COLISÃO MATOU OS DOIS
Em Dourados, VÍDEO mostra colisão frontal entre motos que matou dois, assista
BONITO - MS - NOVO HORÁRIO
Com o fim do horário de verão Balneário tem novo horário de funcionamento em Bonito (MS)
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO
Meio Ambiente pede mais 10 policiais e 3 viaturas para PMA em Bonito (MS)
MARACAJU - SEGURANÇA
Em Maracaju, Operação Petra cumpre 18 mandados de busca e apreensão e prende três pessoas
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Na fronteira, Reinaldo entrega R$ 1,4 milhão em equipamentos agrícolas
POLÍCIA
Homem é preso em MS por estuprar crianças, filmar e divulgar vídeos
EMPREENDEDORISMO
Seleção oferecerá consultoria gratuita para 200 mulheres em MS
MEIO AMBIENTE
Em 15 dias, polícia ambiental capturou 8 cobras em residências de MS