Menu
KAGIVA
tera, 18 de setembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Exportações cresceram 41,9% no primeiro semestre

14 Jul 2011 - 16h47Por Diário MS

As remessas de produtos sul-mato-grossenses ao mercado internacional continuam em alta.
Conforme dados preliminares da Balança Comercial Brasileira, divulgados ontem pelo Ministério do Desenvolvimento, as exportações apresentaram um crescimento de 41,9% no primeiro semestre deste ano, se comparado com o mesmo período de 2010.

De janeiro a junho, o Estado já exportou US$ 1,8 bilhão, o que representa uma média diária US$ 10 milhões em MS. No primeiro semestre do ano passado, o volume de comercializações com o mercado externo foi de R$ 1,2 bilhão. O Estado passa de 1,30% a 1,43% no índice de participação nas exportações brasileiras.

Os principais produtos exportados pelas empresas de MS neste período foram: grãos de soja (US$ 400,5 milhões), minério de ferro (US$ 271,9 milhões), açúcar (US$ 217 milhões) pasta de celulose (US$ 206 milhões), e carne desossada de bovino (US$ 143,9 milhões).

Entre esses cinco produtos o que registrou o maior crescimento nas exportações nos primeiros seis meses deste ano em comparação com o mesmo intervalo do ano passado, foi novamente o açúcar. Em volume o aumento foi de 114,6%, saltando das 213 mil toneladas para 453 mil toneladas. Já em receita, houve uma ampliação de 158%, saltando de US$ 84 milhões para US$ 217 milhões.

Apenas em junho, as remessas de produtos do Estado ao exterior atingiram o volume de US$ 367,9 milhões, o que representa um crescimento de 33,1%, em relação aos US$ 276,4 milhões negociados com o mercado internacional no mesmo período do ano passado.

IMPORTAÇÕES

As importações de MS também tiveram um crescimento considerável no primeiro semestre. Segundo o levantamento, o Estado comprou do mercado externo US$ 1,91 bilhão, o que representa um aumento de 30,1% em relação aos US$ 1,4 bilhão ao mesmo período do ano passado.
O principal produto importado é o gás natural, com US$ 1,1 bilhão. Em segundo lugar vem catodos de cobre, com US$ 181 milhões, em terceiro vem fio de poliéster com US$ 59,1 milhões, em quarto laminado de ferro, com US$ 18,73 milhões e em quinto cloreto de potássio com US$ 35,8 milhões.

BRASIL

Já o país vendeu ao exterior no primeiro semestre um montante de R$ 118,3 bilhões, o que representa um crescimento de 32,65% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram exportados US$ 105 bilhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEDULA ÓSSEA
MS tem 2° maior cadastro de doadores de medula
CRUELDADE - POLÍCIA
Por mãe estar sem o celular, ladrão dá facada em bebê de 3 meses
R$ 10 MILHÕES
Multa máxima à MSVia não ultrapassa 3,5% da receita anual
PREFEITURA EM MS - OPORTUNIDADES
Prefeitura abre concurso público com mais de 300 vagas e salários de até R$ 6 mil em MS
ELEIÇÕES 2018
TRE-MS recebe 108 denúncias de infrações no período eleitoral
ELEIÇÕES 2018 - CANDIDATO AO GOVERNO DO MS
MPF manda Polícia Federal investigar Odilon de Oliveira, denunciado por crimes na 3ª Vara Federal
TECNOLOGIA
Anatel começa domingo bloqueio de celular irregular em MS e mais 11 estados
POLÍTICA
MPF reforça alerta sobre prisão por compra de voto e boca de urna
ENTRETENIMENTO
Dupla de MS projeta jogo inspirado em desenhos dos anos 1980
POLÍTICA
'Violência se combate com inteligência', diz Meirelles em visita a MS