Menu
sexta, 17 de janeiro de 2020
BANNER ANNA
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Exames do coração à distância triplicam em um ano em SP

21 Mar 2011 - 17h22Por Folha.com

O número de exames do coração à distância triplicou em 2010 em São Paulo, em comparação a 2009. Segundo informações da Secretaria de Estado de Saúde, a rede de serviço de tele-eletrocardiograma ampliou sua capacidade de operação em quase 50%.

A ampliação permitiu quase triplicar o volume de exames realizados pelos paulistas, chegando a 170.000 no ano passado. Em 2009, o serviço havia realizado 60 mil.

Além disso, o número de hospitais, ambulatórios e postos de saúde integrados à Central de Laudos do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, em São Paulo, chegou a 75 no início deste ano.

O serviço de tele-eletrocardiograma utiliza sinal de celular para encaminhar o exame à Central de Laudos. Posteriormente, o laudo é enviado à unidade solicitante em um período médio de uma hora. Antes dessa tecnologia, desenvolvida pelo setor de bioengenharia do instituto, o resultado demorava duas semanas para ficar pronto.

O exame elimina distâncias e permite um diagnóstico mais rápido e preciso, com laudos emitidos por especialistas. Ainda conta com uma equipe especializada de 12 cardiologistas e funciona 24 horas por dia.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prisão
Policiais prendem autor de homicídio foragido no Paraguai desde 2012
Fronteira
Jovem é ferida a tiros na fronteira e polícia acredita em crime passional
FUTEBOL
Vasco vira sobre Goiás e pegará o Grêmio nas quartas de final da Copa São Paulo
Mistério
Mulher sai em surto de motel e morre ao ter mal súbito na BR-262 em Campo Grande
PERTURBADOR
Áudio mostra conversa de pai e mãe combinando para estuprar filha de 7 anos
Último dia!
Matrículas para cursos técnicos integrados do IFMS terminam hoje
CRIMES
MS supera em 10 vezes média nacional de resolução de homicídios; Bonito está na lista
PISO SALARIAL
Governo federal anuncia aumento do piso dos professores
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia paraguaia destrói 11 hectares de maconha na fronteira de MS
ATÉ AGOSTO
Ministério da Justiça autoriza Força Nacional em Caarapó e em Dourados