Menu
KAGIVA
quinta, 20 de setembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Ex-ministros se articulam contra Código Florestal, diz Marina Silva

23 Mai 2011 - 07h39Por G1

A ambientalista e ex-candidata à Presidência da República Marina Silva (PV) participou na manhã deste domingo (22), no Monumento às Bandeiras, em frente ao Parque do Ibirapuera, em São Paulo, de uma manifestação contra a aprovação do relatório do deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP) que modifica o Código Ambiental.

Marina anunciou que ex-ministros do Meio Ambiente vão entregar uma carta à presidente Dilma Roussef e ao Congresso para que não permitam que os avanços conseguidos na legislação ambiental deixados de lado no novo código.

“Diante da forma pouco transparente com que foi feito esse acordo para votar na terça-feira o relatório do deputado Aldo Rebelo, todos os ex-ministros do meio ambiente estão assinando uma carta e irão entregar à presidente Dilma. Já pedimos uma audiência. Espero que ela nos receba”, afirmou Marina Silva.

Entre os ex-ministros que assinam a carta estão, além da própria Marina, Carlos Minc, Sarney Filho, Rubens Ricupero, Paulo Nogueira Neto, Coutinho Jorge e o professor Paulo Henrique Brandão.

Marina afirmou que, se a Câmara dos Deputados e o Senado não apresentarem um bom texto, restará a Dilma vetar as mudanças. “Só a expectativa de aprovação do relatório do deputado Aldo aumentou o desmatamento em 400%. Não restará outra alternativa, se na Câmara ou no Senado, não tivemos a mudança dessa situação completamente retrógrada que estão querendo aprovar com relação às nossas florestas. Restará à presidente ter que vetar”, disse.

Na avaliação da ex-senadora, a expectativa de que os produtores rurais que desmataram ilegalmente áreas de preservação ambiental até 2008 serão anistiados foi a razão do aumento da devastação na região amazônica.

Ao ser indagada sobre a intenção de Aldo Rebelo mencionar durante sessão da Câmara na semana passada acusações contra o seu marido dela, Marina afirmou ter ficado "perplexa".

"Não esperava que fosse fazer acusação leviana e mentirosa em relação a fatos que ele sabia que não eram verdadeiros e que já estão exaustivamente e documentadamente esclarecidos, provando que não há nenhum envolvimento do meu marido com as acusações”, declarou.

Sobre a possibilidade de Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC) se tornar o relator do Código Florestal no Senado, Marina disse esperar que o projeto “tenha um relator que não esteja comprometido a priori em desmontar a legislação ambiental”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VAMOS AJUDAR
Churrasco beneficente em prol Hospital acontece dia 30 em Bonito (MS)
HORÁRIO DE VERÃO 2018
Horário de Verão pode ser extinto em todo território nacional
BONITO - MS - VISITA NO GABINETE
BONITO: Odilson recebe alunos que participam do Programa Agrinho, modalidade Experiência Pedagógica
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO ATENDIDA
Lúcia Miranda tem reivindicação atendida pela prefeitura com instalação de semáforo em Bonito (MS)
ELEIÇÕES 2018
Odilon perde para Reinaldo e vai ter que fazer propaganda para tucano em rede social
OPERAÇÃO VOSTOK
Polaco presta depoimento na Operação Vostok e nega contato com Reinaldo Azambuja
ELEIÇÕES 2018 -
Justiça indefere registro candidatura de João Grandão e mais 9 candidatos em MS
ESPORTES
Inscrições para Jogos Radicais Urbanos terminam nesta quinta
LIGA DOS CAMPEÕES 2019
Lateral de MS marca e garante empate do Shakhtar Donetsk na estreia
FALSO POLICIAL
Falso policial condenado a 117 anos é preso na Bolívia