Menu
ITALÍNEA DOURADOS
domingo, 16 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Estudo aponta que tempestades no Sudeste do Brasil dobrarão em 60 anos

9 Ago 2011 - 09h00Por Estadão.com

A incidência de tempestades e catástrofes naturais no Sudeste do Brasil deve dobrar nos próximos 60 anos por causa do aquecimento global, diz estudo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Com base em dados climáticos das últimas décadas, pesquisadores constataram que o aumento da temperatura do Atlântico no Hemisfério Sul e o resfriamento do Pacífico equatorial devem ampliar a ocorrência de fenômenos climáticos intensos. Nas regiões litorâneas, a ocorrência de eventos climáticos severos deve triplicar até 2070.

A pesquisa analisou a ocorrência de tempestades nas cidades de São Paulo, Rio e Campinas nos últimos 60 anos, calculando o efeito da variação da temperatura dos oceanos nas taxas de precipitação e na ocorrência de chuvas de granizo, raios, vendavais e tornados.

Segundo Osmar Pinto Júnior, coordenador do grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Inpe, o Sudeste deve ser atingido por um número cada vez maior de desastres naturais nas próximas décadas, caso sejam mantidas condições como o ritmo de crescimento da temperatura do Atlântico e o resfriamento do Pacífico causado pelo fenômeno La Niña.

O Inpe também anunciou que desenvolverá um novo sistema integrado de monitoramento atmosférico para detectar a ocorrência de raios nas nuvens, o que serve como indicativo da ocorrência de tempestades. O Sistema Brasileiro de Detecção de Descargas atmosféricas (BrasilDat) receberá informações de 75 sensores, que poderão detectar atividade elétrica em nuvens e permitirão a geração de alertas para chuvas severas com até 30 minutos de antecedência.

O sistema será instalado até o fim de 2012, com um custo de R$ 10 milhões. O modelo será um aprimoramento do Rindat, conjunto de sensores de 1998.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO DA MÚSICA
Jorge e Mateus vivem clima tenso e se evitam nos bastidores dos shows
PREVISÕES PARA 2019
Vidente faz previsões chocantes sobre casal “Brumar” e Simone e Simaria
BONITO - MS - MEDIDAS TOMADAS
Governo de MS adota medidas de contenção de erosão para preservar os rios de Bonito
BONITO - MS - HOMENAGEADO
Gruta do Lago Azul era para dar tiro e fazer churrasco, conta guia pioneiro de Bonito (MS)
GOVERNO DO MS - CONQUISTA
Com 86% das metas cumpridas, Reinaldo se reúne com eleitos e traça projetos para 2019
BONITO - MS - RÉVEILLON 2019 -
Prefeitura divulga regulamento sobre as festividades do Réveillon 2019 em Bonito (MS)
CORPO ENCONTRADO EM RIO DE MS
Bombeiros localizam o corpo do homem que sumiu na pescaria em MS
BONITO - MS - NOVA DIRETORIA DA OAB
Nova diretoria da 23ª subseção da OAB de Bonito toma posse
RIO DA PRATA DE VOLTA
'Clareza' do Rio da Prata aparece e semana é marcada por audiência e clamor popular em Bonito (MS)
DUAS MORTES POR RAIOS NO MS
Tempestade surpreende e dois morrem atingidos por raios em MS