Menu
BANNER ANNA
sŠbado, 18 de janeiro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Estudo afirma que ancestral do homem demorou a dominar o fogo

15 Mar 2011 - 14h04Por Folha.com - Ciência

Os ancestrais do homem passaram muito frio na Europa por centenas de milhares de anos por não saberem ainda controlar o fogo, argumentam dois pesquisadores.

Eles concluíram que o uso habitual do fogo só começou entre 400 mil e 300 mil anos atrás contrariando a hipótese tradicional de que fogueiras controladas teriam sido fundamentais para colonizar o continente quando os hominídeos deixaram sua terra de origem, a África (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL).

Os pesquisadores Wil Roebroeks, da Universidade de Leiden (Holanda), e Paola Villa, do Museu da Universidade do Colorado (EUA), também lançam dúvidas sobre as alegações de que seres humanos já usavam fogo na África de modo regular desde 1,6 milhão de anos atrás.

Essa inferência é a base da chamada hipótese do "macaco cozinheiro", que liga o crescimento do cérebro humano ao combustível trazido pela comida cozida, considerada mais nutritiva.

"Nossos dados, com base em uma revisão de centenas de sítios europeus, sugerem que os antigos seres humanos foram capazes de sobreviver mesmo no clima mais frio da Europa sem o uso habitual de fogo", diz Villa.

Deixe seu Coment√°rio

Leia Também

Pris√£o
Policiais prendem autor de homicídio foragido no Paraguai desde 2012
Fronteira
Jovem é ferida a tiros na fronteira e polícia acredita em crime passional
FUTEBOL
Vasco vira sobre Goiás e pegará o Grêmio nas quartas de final da Copa São Paulo
Mistério
Mulher sai em surto de motel e morre ao ter mal s√ļbito na BR-262 em Campo Grande
PERTURBADOR
√Āudio mostra conversa de pai e m√£e combinando para estuprar filha de 7 anos
√öltimo dia!
Matrículas para cursos técnicos integrados do IFMS terminam hoje
CRIMES
MS supera em 10 vezes média nacional de resolução de homicídios; Bonito está na lista
PISO SALARIAL
Governo federal anuncia aumento do piso dos professores
TR√ĀFICO DE DROGAS
Polícia paraguaia destrói 11 hectares de maconha na fronteira de MS
AT√Č AGOSTO
Ministério da Justiça autoriza Força Nacional em Caarapó e em Dourados