Menu
ASSOMASUL MARÇO
sexta, 22 de maro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Estiagem deve continuar mesmo com a temperatura baixa em MS

27 Mai 2011 - 13h32Por Midiamax - Priscilla Peres

As temperaturas devem permanecer baixas no final de semana, mas não há previsão de chuva em todo o Mato Grosso do Sul, segundo a meteorologista Cátia Braga.

A estiagem que atinge o Estado desde o começo de maio deve continuar. De acordo com a estação meteorológica do Aeroporto de Campo Grande, a única vez que choveu neste mês foi em 01° de maio, com 2,4 milímetros, sendo que o esperado para o mês era de 96,6 milímetros.

A umidade relativa do ar em Campo Grande está em torno de 30%, quando o ideal para a saúde da população é de 60%. Com a estiagem é recomendado evitar a prática de exercícios físicos entre as 10h e 16h, umidificar os ambientes e ingerir bastante água.

Segundo Cátia, todo o Estado está sob influência de uma frente fria que deve continuar baixando as temperaturas até domingo (29). Não deve esfriar tanto quanto nas últimas semanas de frio, e a temperatura deve se manter entre 12°C e 25°C, com frio pela manhã e sol durante o dia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - DENGUE HEMORRÁGICA
Dengue hemorrágica mata adolescente de 11 anos, Dourados chora a morte de Nicolas Ferruzzi
POLÍCIA
Mulher de empresário morto em MS é presa suspeita de ser a mandante do assassinato
TEMPO E TEMPERATURA
Friozinho vai embora e temperaturas voltam a subir em MS
SAÚDE
Menino de 11 anos morre por dengue hemorrágica e é quinta vítima da doença em MS
CIDADES
STJ restabelece decisão de juiz e mantém bloqueios de empresas fornecedoras do Aquário do Pantanal
GERAL
Por decreto, Azambuja altera programa de incentivos fiscais a produtores de MS
BONITO - MS
Simpósio sobre Saúde Animal será nesta sexta-feira
BONITO - MS
Escola Sagrada Família e BCG serão as representantes de Bonito na maior competição Escolar do Estado
CIDADES
Decreto disciplina manejo do solo nas propriedades rurais de Bonito e Jardim
RAIOS NO MS
Raio atinge fazenda e mata 21 cabeças de gado na região do Bolsão em MS