Menu
mutantes
quinta, 21 de fevereiro de 2019
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS
MS - Saúde

Estado vai receber R$ 150 mil para controle de doenças negligenciadas

1 Fev 2012 - 15h09Por Midiamax

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (1º) a liberação de R$ 25,9 bilhões para ações de controle de doenças como a hanseníase e a esquistossomose. Porém, o repasse será dividido para 26 estados, além do Distrito Federal. Segundo o Governo Federal, o Mato Grosso do Sul só receberá R$ 150 mil para as também chamadas doenças negligenciadas. O estado do Maranhão será o que receberá mais investimentos, com R$ 3.386.000,00.

O dinheiro também será utilizado para o combate ao tracoma e a geohelmintíases. Segundo o Governo Federal, em 2011 os investimentos em laboratórios públicos produtores de medicamentos para assistência a doenças negligenciadas foi de R$ 54 milhões. Em 2000 o investimento era de R$ 8,8 milhões.

Um levantamento da OMS (Organização Mundial da Saúde) revelou que as doenças negligenciadas tropicais atingem mais de R$ 1 bilhão de pessoas no mundo. Elas são provocadas por agentes infecciosos ou parasitas e atingem principalmente a população de baixa renda.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança