Menu
BANNER ANNA
sexta, 20 de setembro de 2019
Busca
ZAP INFORMÁTICA
TURISMO NO MS

Estado aprimora norma sobre transporte de turistas para estimular o setor em MS

Estado aprimora norma sobre transporte de turistas para estimular o setor em MS

9 Jul 2019 - 09h34Por Gizele Oliveira / Agepan

Uma mudança na regra sobre o transporte turístico de passageiros entre municípios deverá melhorar as condições da oferta do serviço pelas empresas do setor em Mato Grosso do Sul. A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) aprimorou a norma sobre os tipos de veículos permitidos, e agora passa a ser possível às empresas locadoras de veículos com motorista e às agências de turismo com frota própria utilizar automóvel de passeio.

A Agência alterou a Portaria nº 132/2016, que trata da regulamentação, incluindo a permissão para veículos menores que os já autorizados ônibus e micro-ônibus atualmente utilizados. Na prática, isso significa que a empresa poderá levar um grupo de quatro, cinco pessoas que desembarcam em Campo Grande para um destino turístico no interior, por exemplo, em um modelo SUV ou similar que comporte o grupo, sem necessidade de utilizar um veículo de grande porte, onde sobrariam lugares vagos e o custo por usuário seria maior. Com a medida, a Agência Reguladora permite às empresas de turismo melhorar o atendimento, utilizando uma prática que já é comum em muitos lugares do Brasil e do mundo. O veículo de pequeno porte poderá oferecer conforto e mobilidade adequados para determinados turistas, grande parte vindos de origem internacional.

Para estar regularizado, o veículo tem que ser cadastrado pelas empresas junto à Agepan e ao Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur/Ministério do Turismo) como destinado à oferta desse tipo serviço, assim como ocorre com os ônibus e micro-ônibus turísticos. Também como já é exigido dos demais veículos a serviço do turismo, os automóveis precisam estar cadastrados no Detran/MS como veículo com finalidade de transporte de passageiros, o que significa que terão placa vermelha. Outra determinação é que a idade máxima do automóvel seja de sete anos.

Estímulo ao turismo

O aprimoramento da norma é justificado como uma forma de estimular o setor turístico no Estado, e, ao mesmo tempo, atender às diretrizes definidas na Política Nacional do Turismo. De acordo com a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, o perfil de visitantes que vêm ao Estado inclui muitos casais e grupos pequenos, o que muitas vezes inviabiliza e encarece o uso de veículo superior à necessidade para determinadas viagens. “Estamos atuando em consonância com uma demanda tanto dos operadores quanto dos órgãos de turismo do Estado e de municípios como Bonito. Naquelas situações em que um carro menor comporta o turista ou um pequeno grupo, não haverá restrição de uso, desde que sejam obedecidas as normas legais”, explica o diretor-presidente em exercício da Agepan, Ayrton Rodrigues.

A medida vale para as empresas prestadoras de serviço turístico regularizados e cujos veículos sejam devidamente registrados para a atividade. Veículos de passeio comuns, pertencentes a particulares e que não se enquadrem nas normas, continuam proibidos de fazer o transporte remunerado de pessoas, sejam turistas ou passageiros de linhas regulares, sendo considerados clandestinos e passíveis de multa e apreensão.

A Portaria nº 167, que promove alterações na portaria original (132/2016) está publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (8.7).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - NA PRAÇA DA LIBERDADE
27° Congresso Estadual da FETEMS terá Moraes Moreira gratuitamente neste sábado em Bonito (MS)
SESC BONITO - PROCESSO SELETIVO
Sesc BONITO (MS) abre processo seletivo com salários de até R$ 3,1 mil
CONCURSO PÚBLICO
Concurso abrirá 350 vagas para a Guarda Civil em MS
BONITO - MS - CONFIRA A PROGRAMAÇÃO
Prefeitura divulga programação do aniversário de 71 anos de Bonito (MS)
BONITO - MS - NA TRIBUNA
Vereador pede recursos para a melhoria, ampliação e aquisição de equipamentos de Hospital em Bonito
Política
Bolsonaro pode abrir crise com Congresso se vetar novas regras eleitorais
CHUVA
Temporal deixa rastro de destruição em cidade de MS
Policial
Motorista de aplicativo que estava desaparecido é encontrado morto
ASSASSINATO
Pai mata filho afogado para se vingar de ex-esposa: 'queria fazer ela sofrer'
FLAGRANTE
EM BONITO: homem tenta furtar celular de empresária, é flagrado por câmera e acaba em cana