Menu
ITALÍNEA DOURADOS
segunda, 17 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Especialistas condenam aditivo alimentar que deixa crianças com o paladar viciado

29 Jul 2011 - 11h34Por Jornal do Brasil

Em um país em que mais da metade da população apresenta sobrepeso, impulsionar as pessoas a comerem cada vez mais não parece ser a melhor escolha.

Este cenário ainda consegue piorar: os brasileiros começam a trocar o arroz e o feijão por salgadinhos e refrigerantes, informaram os dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares, divulgados na última quinta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo especialistas, quem paga o pato por essa mudanças de hábito são as crianças.

Para a nutricionista Patrícia Cunha, os pais começam a optar pelos industrializados porque são mais práticos, sem saber que podem estar prejudicando a qualidade da alimentação dos filhos.

“Alimentos industrializados, como o macarrão instantâneo e os biscoitinhos têm glutamato monossódico, aditivo alimentar que estimula o aumento do consumo” atesta. “Ou seja, na nossa sociedade, a criança fica com o paladar viciado, e cabe aos pais mudar seus hábitos alimentares”. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - TENTATIVA DE SUICÍDIO
Jovem sobe em torre de telefonia para tentar suicídio, PM resgata antes em Bonito (MS)
CIDADES
Motorista com destino a SP perde controle da direção e tomba carreta carregada de celulose na BR-158
CIDADES
Na saída de boate, mulher aponta arma na cabeça de vítima e foge após roubar pertences em MS
MEIO AMBIENTE
Fique atento! Certas árvores podem oferecer riscos para pessoas e animais
OPORTUNIDADES
MS tem 5 concursos abertos e salários de até R$ 9,4 mil nesta semana
GERAL
Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus
ECONOMIA
Receita paga hoje as restituições do último lote do IRPF 2018
TEMPO E TEMPERATURA
Segunda-feira de céu parcialmente nublado e temperaturas de até 39º
"SÓ TENHO ELE" - DIZ CATADOR
MS: Catador que criou Batfusca com restos de lixo põe carro à venda por não conseguir manter família
MARACAJU - CHUVA COM DESTRUIÇÃO
Chuva rápida derruba árvores e deixa casas sem energia em Maracaju