Menu
mutantes
sbado, 23 de fevereiro de 2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Especialista diz que mortes trânsito durante o carnaval são tragédia nacional

11 Mar 2011 - 13h46

O presidente do Instituto de Pesquisa e Cultura (Ipec), Luiz Flávio Gomes, afirmou hoje  (11) que as mortes registradas no feriadão de carnaval representam uma tragédia nacional. “Nunca se matou tanto nos últimos dez anos,” afirma. Para ele, as principais causas de acidentes são a imprudência dos motoristas no trânsito, a ingestão de álcool ao dirigir e a falta de infraestrutura nas estradas.

No período de carnaval, ocorreram 213 mortes em rodovias federais no Brasil. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o número significa um aumento de 47,9% na comparação com o mesmo período de 2010, quando foram registradas 143 mortes. A Operação Carnaval de 2011 também registrou um aumento no número de acidentes – foram 4.165, no total.

O jurista e cientista criminal explica que na Europa, em dez anos, o número de mortes diminuiu 36%, enquanto que no Brasil, cresce 2,9% por ano. “Nós não conseguimos reduzir esse número porque, uma política de segurança necessita passar por cinco pontos fundamentais e, no Brasil, esses pontos são falhos. São eles: educação, engenharia dos carros e estradas, fiscalização, primeiros socorros e punição”, disse Luiz Flávio Gomes, em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional.

Nos próximos dias, o Ipec vai lançar uma campanha nacional contra a violência no trânsito, que visa a coletar informações e opiniões da população pelo blog www.blogdolfg.com.br.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Morador em MS morre após pneu de caminhão que o mesmo estava calibrando estourar
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Polícia Militar de BONITO prende traficante com mais de 10kg de maconha
POLÍCIA
Três vão presos e caminhonete lotada de maconha é apreendida na MS-060
GERAL
Transição torna aposentadoria pelo teto do INSS quase inacessível
BONITO - MS - FURTO DE MUDAS DA CICLOVIA
Prefeitura pede colaboração da população para evitar o furto de mudas na ciclovia em Bonito (MS)
POLÍCIA
Indígena é assassinada pelo ex-marido em MS
MUDANÇA
Cota zero começa a valer em 2020 nos rios de Mato Grosso do Sul
CIDADES
Carregado com bovinos, caminhão tomba e animais ficam soltos em via
PRODUTIVIDADE
Maior exportador de tilápia do País, MS eleva produção
EMPREGOS E CONCURSOS
Secretária de Educação aprova e reconhece novos cursos técnicos em 10 cidades de MS