Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 11 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Escolas em tempo integral de Campo Grande deixam alunos mais preparados

29 Set 2011 - 13h48Por Assessoria

O ano letivo de 2009 foi um divisor de águas na educação de Campo Grande. Neste ano, começaram a funcionar as duas escolas de tempo integral da Rede Municipal de Ensino, construídas nos bairros Rita Vieira e Paulo Coelho Machado. Com capacidade para atender, cada um, 600 alunos, os estabelecimentos possuem área construída de cinco mil metros quadrados, onde abrigam espaços específicos para a plataforma curricular e extra-curricular. Com uma nova metodologia, atende os alunos com um formato idealizado, a partir de eixos de ensino que têm o conceito de aprendizagem/desafio.

Ambas as escolas contam com uma estrutura física que abriga, além das salas de aula, espaços para atividades especiais como dança, teatro, música e informática. Os estabelecimentos contam, ainda, com laboratório de ciências, sala de repouso, laboratório de artes e brinquedoteca. Concebidas para oferecerem uma ampla estrutura em termos físicos e educacionais, as escolas têm, também, biblioteca, salas de estudo para professores, de psicologia, de orientação e de supervisão.

Concepção social e cultural - Os alunos ficam nas escolas no período das 7h30min às 16 horas. São quase nove horas com atividades escolares, pesquisa, lazer e interatividade. Nesse tempo são oferecidas quatro refeições diárias: com café da manhã, lanche matinal, almoço e lanche da tarde. Do 1º ao 3º ano, os alunos têm notebooks individuais. Já os estudantes do 4º e 5º ano, contam com dois laboratórios em cada uma das escolas.

Para atuar com o novo conceito de educação, os professores que atuam nas duas escolas receberam treinamento especializado. Ao todo, foram ministradas 300 horas-aula para que os profissionais estivessem aptos a trabalhar com a nova forma de aprendizagem adotada na escola de tempo integral. “O ensino é diferenciado, com currículo integrado e tendo a pesquisa como eixo norteador. Para isso, o próprio ambiente de aprendizado deve ser diferenciado para ser motivador”, argumentou, na época da formação, a então coordenadora geral de Políticas Educacionais da Semed, professora Ângela Brito.

As escolas de tempo integral Ana Lúcia de Oliveira Batista (Paulo Coelho Machado) e Iracema Maria Vicente (Rita Vieira) atendem da pré-escola ao 5º ano do Ensino Fundamental. Desde a implantação das escolas, a Semed deu início à formação continuada de todas as pessoas envolvidas no processo, desde o vigia do prédio, as merendeiras, os professores, coordenadores e funcionários que trabalham na direção. O consultor pedagógico do projeto é o educador Pedro Demo.

Os resultados – Maior domínio, argumentação, senso de cidadania e mais respeito com o meio ambiente. Estes são alguns dos atributos verificados nos alunos das escolas de tempo integral, após três anos de implantação do novo modelo de ensino. Segundo a hoje superintendente de Políticas Educacionais, Ângela Brito, os resultados não podiam ser melhores. “Todo o conteúdo parte de problematização e desafios e isto exige pesquisa e criatividade, competências exigidas pela sociedade”, enfatizou a superintendente.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador Reinaldo Azambuja conclui MS-178 e entrega casas para 64 famílias em Bonito (MS)
ITAPORÃ - TRAGÉDIA EM FAMÍLIA
CRIME EM ITAPORÃ: Neto matou avó com duas facadas nas costas
BONITO - MS - CASO JOÃO DE DEUS
Bonito (MS) recebeu 'João de Deus' em 2008 e promotoria se coloca a disposição para denúncias
ITAPORÃ - CRIME EM FAMÍLIA
Menor mata a própria avó a facadas em Itaporã
CIDADES
Servidores do MPMS poderão trabalhar de casa a partir do próximo ano
TRANSPORTES
Definida empresa que irá elaborar Plano Diretor de Passageiros de MS
ATENÇÃO A TODOS
Jovem lutadora russa morre eletrocutada após queda de iPhone no banho
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Atenção contribuinte: Sistema autorizador da NF-e valida novos códigos a partir de 2019
EDUCAÇÃO
Universidade abre 1.481 vagas para portadores de diploma
CIDADES
Operação que tem Aécio como alvo cumpre mandados em MS