Menu
BANNER ANNA
segunda, 27 de janeiro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Entidade sem fim lucrativo poderá deixar de pagar direito autoral

10 Mar 2011 - 12h43Por Bonito Informa - Agência Câmara

A Câmara dos Deputados, em Brasília, analisa o Projeto de Lei 7833/10, do deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG), que libera as entidades sem fins lucrativos das áreas de assistência social, saúde ou educação do pagamento de direitos autorais pela execução pública de músicas, filmes e peças de teatro, entre outras obras artísticas.

O deputado argumenta que a maioria dos eventos promovidos por essas entidades tem o objetivo de arrecadar recursos para sua manutenção. Para ele, a isenção é justa diante da atuação social das instituições.

A legislação atual (Lei 9.610/1988) determina que sejam cobrados direitos autorais sobre qualquer execução ou representação pública de obras, exceto se houver autorização do titular dos direitos. Isso vale para vários locais de frequência coletiva, que incluem boates, clubes ou associações, estádios, restaurantes e até hospitais, órgãos públicos e meios de transporte coletivo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - POLÍCIA
PM prende autor de violência doméstica que tentava fugir da cidade em Bonito (MS)
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Pacote de R$ 3 bilhões em obras no MS será lançado em março por Reinaldo Azambuja
MORTES NO TRÂNSITO
Jovem de 27 anos morre e 13 ficam feridos em atropelamento na divisa de MS
CASO DE POLÍCIA
Jovem de 22 anos é estuprada após ter casa invadida na madrugada
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Reinaldo autoriza a convocação dos 650 aprovados no concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros
BONITO - MS - EMPOSSADOS
Prefeito dá posse a mais 2 candidatos aprovados em concurso em Bonito (MS)
Concurso
TJ agenda provas de concurso para juiz substituto, com salário de R$ 27 mil
PREMIADA
Bonito é eleito pela 16ª vez o Melhor Destino de Ecoturismo
Capotamento
Motorista perde controle, capota e abandona veículo em Coxim
Dourados
Cortada com facão, mulher foge para denunciar marido agressor