Menu
KAGIVA
domingo, 20 de janeiro de 2019
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC

Enersul é condenada a pagar R$ 5 mil a cliente por danos morais

11 Mai 2011 - 09h11Por Campo Grande News

Por unanimidade, os desembargadores da 5ª Turma Cível do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) condenaram a Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S.A) a pagar R$ 5 mil a um consumidor por danos morais.

O cliente alega que, em 2 de setembro de 2009, foi debitado em sua conta corrente, de forma indevida, R$12.617,56 referente à fatura de consumo de energia elétrica.

Segundo informações do TJ, consta nos autos que o valor foi debitado indevidamente, uma vez que a concessionária não solicitou o consumo final do estabelecimento comercial.

A Enersul chegou a reconhecer a falha e restituir o consumidor, ainda conforme o TJ, no dia 16 de setembro de 2009, seis dias após o cliente ter proposto ação.

Para o relator do processo, desembargador Vladimir Abreu da Silva, a restituição não exime a responsabilidade da concessionária, já que o consumidor havia reclamado pelo serviço de teleatendimento, sem obter resultado, o que o obrigou a contratar um advogado para se defender judicialmente.

O relator ainda chama atenção para a relação de confiança do consumidor com a empresa, pois mantinha há 20 anos o mecanismo de débito em conta corrente.

“Quando o consumidor autoriza o lançamento automático em sua conta corrente de débito proveniente de consumo de água, energia e telefone, é porque deposita irrestrita confiança nas concessionárias de serviço público, confiante de que jamais haverá cobrança indevida, de maneira que a quebra dessa relação de confiança, em decorrência da apropriação indevida de elevada soma em dinheiro, ultrapassa os limites da contrariedade e passa a configurar abalo psicológico, passível de ser compensado financeiramente, nos termos do que prescreve o artigo 927 do Código Civil”, descreve o desembargador.

Ainda conforme o TJ, “o valor fixado de dano moral, não visa reparar a dor, mas de alguma forma compensar o sofrimento” e não ficou constatado "a intenção da Enersul em agir de má-fé”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
EM CIDADE DO MS
Temporal de 30 minutos alaga ruas e família fica presa em carro em cidade do MS
ACIDENTE FATAL
Em MS, Cinco pessoas morrem em grave acidente na BR-060
JARDIM E MAIS DUAS CIDADES DO MS
Em Jardim, Uems abre amanhã processo seletivo para professor temporário em duas cidades
BONITO - MS - AÇÃO DA POLÍCIA CIVIL
Polícia Civil prende chefe de um dos restaurantes mais badalados de Bonito (MS)
EM CIDADE DO MS
Estudante de medicina morre após jogar partida de futebol em cidade do MS
BONITO - MS - MARIA DA PENHA
PM é novamente acionada por violência doméstica, essa já é a 3ª em menos de 5 dias em Bonito (MS)
VERÃO - BOMBEIROS ALERTAM
Nos primeiros dias de 2019 bombeiros já registram afogamentos em três cidades do MS
EVENTO ACONTECE EM FEVEREIRO
Bonito Cross define trilhas com promessa de surpresas e aventuras em Bonito (MS)
DOENÇA DO SÉCULO
Após escrever bilhete e trocar mensagens com a namorada, jovem comete suicídio em Rio Brilhante