Menu
KAGIVA
domingo, 27 de maio de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
POSTO PRAÇA

Energia elétrica fornecida pela Enersul sobe 17,49% a partir do dia 8 deste mês

5 Abr 2011 - 13h17Por Campo Grande News

A partir de 8 de abril, a tarifa de energia elétrica vai ficar em média 17,49% mais cara para os 815 mil clientes da Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul). O reajuste foi aprovado esta manhã, em reunião técnica na sede da entidade, em Brasília.

De nada adiantou o apelo de três parlamentares de Mato Grosso do Sul - o deputado Federal Fábio Trad (PMDB), e os estaduais Marcos Trad (PMDB) e Paulo Correia (PR) – para que o percentual fosse diminuído. Todos chegaram a citar motivos religiosos para um aumento menor, sem sucesso.

O percentual aprovado para o reajuste da Enersul é o maior entre as 10 concessionárias de energia que estão tendo reajustes aprovados este mês. O índice é apenas um pouco menor do que a empresa havia solicitado, 17,56%.

Conforme o relatório final que aprovou o aumento, o reajuste de fato é de 12,33%, mas a percepção ao consumidor será em média de 17,49%.

A alta é diferenciada para os consumidores de alta tensão (14,86%) e os de baixa tensão (18,57%).

Efeito devolução O que foi uma vitória do consumidor, a determinação de devolução de R$ 191 milhões cobrados a mais pela empresa durante 5 anos, agora acaba, segundo os conselheiros, resultando em um impacto ainda maior do reajuste aprovado.

Tanto o conselheiro que relatou o processo, Romeu Donizete Rufino, quanto os outros que votaram, justificaram que a Aneel tem preocuapação com a chamada “modicidade” das tarifas, conceito que defende um impacto menor para o consumidor.

Porém, justificaram que a Aneel tem a função de fazer cumprir a lei e os contratos com as empresas concessionárias de energia e disseram que é isso que está sendo feito em relação à tarifa da Enersul.

Romeu Rufino disse, também, que em relação à inflação acumulada entre 2007 e 2011, a tarifa da Enersul subiu menos. A inflação acumulada, conforme relatado, foi de 16%, segundo apontado, enquanto a inflação, medida pelo IGPM, atingiu 31%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GREVE DOS CAMINHONEIROS
Reinaldo anuncia redução na pauta fiscal do diesel a partir de 1º de junho
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Sem ração, mais de 50 mil frangos morrem por causa da greve dos caminhoneiros
ENCHENTES NO RIO PARAGUAI
Enchente do rio Paraguai faz prefeitura de Corumbá decretar situação de emergência
ENGROSSOU O CALDO
Petroleiros do Pais inteiro anunciam greve "Vamos parar todas as Refinarias"
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Governador Reinaldo Azambuja convoca reunião e admite avaliar redução do ICMS do diesel
BONITO - MS - POLÍCIA EM AÇÃO
Em 48h, PM faz 16 atendimentos de ocorrências policiais com prisões em flagrante em Bonito (MS)
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Liminar manda liberar acesso à distribuidora de combustível na Capital
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Polícia prende pessoas que tomavam banho na fonte da praça em Bonito (MS)
GREVE DOS CAMINHONEIROS
STF autoriza uso de força para desbloqueio de rodovias e impõe multa a quem descumprir decisão
BONITO - MS - COPA COM TV NOVA
OKA vai sortear 02 TVs de 60 polegadas em comemoração ao aniversário de 4 anos em Bonito