Menu
mutantes
tera, 19 de maro de 2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Encontro regional em Dourados mostrará a força do PMDB estadual, diz Geraldo Resende

5 Ago 2011 - 12h28Por MS Notícias - Assessoria

O encontro regional que o PMDB vai promover sábado, na Câmara de Vereadores de Dourados. vai mostrar a força da agremiação em Mato Grosso do Sul. A opinião é do deputado federal Geraldo Resende, um dos apoiadores do evento que está sendo organizado pelo Diretório Municipal e contará com a presença de lideranças estaduais, nacionais e de toda a Região da Grande Dourados, Cone-Sul e Fronteira.

De acordo com Geraldo Resende, o encontro em Dourados vai ser um “divisor de águas” para o PMDB sul-mato-grossense, pois vai possibilitar à agremiação traçar uma estratégia unificada para as eleições de 2012, possibilitando a manutenção dos espaços já conquistados nos municípios e ainda mais, ampliar seu poder de influência nas administrações municipais.

Entre as lideranças nacionais que já confirmaram presença Geraldo cita o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (RO) e o deputado federal Alceu Moreira (RS). De expressão estadual, devem se fazer presentes o governador André Puccinelli, o senador Waldemir Moka, os deputados federais Geraldo Resende, Marçal Filho e Fábio Trad, deputado estadual Carlos Marun, entre outros.

Dourados

Segundo Geraldo Resende, o encontro servirá para reforçar a estratégia do PMDB douradense de lançar candidatura própria para a Prefeitura de Dourados no ano que vem. “Depois de 20 anos participando como coadjuvante, chegou a hora do nosso partido apresentar um projeto próprio como alternativa à população”, salientou.

Apresentando-se como um dos pré-candidatos, Geraldo Resende salienta, no entanto, que o PMDB douradense possui outros nomes de expressão, densidade e viabilidade eleitoral para a disputa no ano que vem. Ele cita, como exemplo, o deputado federal Marçal Filho e a vereadora Délia Razuk.

Quanto à afirmação do prefeito Murilo Zauith de que pretende ter cerca de 15 partidos em seu palanque para a reeleição, Geraldo Resende disse considerar difícil essa possibilidade. “Ele pode até ter pretensão de ter 15 partidos, mas seguramente não terá o 15 entre eles”, disse, numa referência ao número do PMDB (o 15).

No entanto até mesmo a quantidade de partidos apontada por Murilo é considerada fora da realidade por Geraldo Resende. “Na eleição passada aconteceu uma situação muito peculiar, em que a população douradense clamava pela união de todas as forças com o objetivo de resgatar a normalidade institucional do Município. Isso não vai se repetir na próxima eleição e o PMDB sabe que chegou a hora de deixar de ser apêndice de outros projetos”, concluiu.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Segundo suspeito de roubar R$ 15 mil de empresa e agredir funcionários é preso em MS
CIDADES
Com quadro de desnutrição e desidratação, idosa de 92 anos é resgatada pela Marinha no Pantanal
CIDADES
Cheia no Rio Apa deixa ribeirinhos ilhados e moradores são levados para abrigos em cidade de MS
GOVERNO DO ESTADO
Entenda o Programa de Desligamento Voluntário que será votado pela Assembleia Legislativa
TEMPO E TEMPERATURA
Inmet alerta para chuvas intensas em Bonito e em outras 70 cidades de MS
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental de MS completa 32 anos e comemora o fim dos “coureiros”
SAÚDE
Saúde confirma quarta morte por dengue este ano em MS
SABORES
Na concorrência com Tastmade, amigas criam página com receitas para MS
LOTERIA
Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio acumulado de R$ 33 milhões
CIDADES
Município de MS que homenageia herói da Retirada da Laguna completa 81 anos