Menu
KAGIVA
tera, 13 de novembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Empresário que matou arquiteta em CG é condenado a 20 anos de prisão

3 Mar 2011 - 17h43Por Midiamax

 O empresário Luiz Afonso Andrade, 42, foi condenado a 20 anos de prisão por matar a arquiteta Eliane Nogueira, 39, sua ex-mulher, ano passado, em Campo Grande. A sentença foi lida agora no Tribunal de Júri, presidido pelo juiz Aluizio Pereira.

Andrade foi sentenciado por desaparecimento de cadáver e homicídio triplamente qualificado.

Após matar a ex, com quem viveu por dois anos e havia se separado três dias antes do crime, ele pôs o corpo dela no carro e queimou numa rua de pouco movimento do bairro Tiradentes.

O crime foi tido como triplamente qualificado por essas razões: o homem tinha ciúmes da mulher, matou-a e queimou o carro com corpo dentro.

Parentes da vítima disseram que já aguardavam a pena para o empresário, mas que isso “não traria a arquiteta de volta”.

O advogado Ivan Lacerda, um dos defensores do empresário, disse não ter concordado com alguns "termos citados no julgamento", e que vai recorrer da sentença.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - PONTO FACULTATIVO
Prefeitura terá ponto facultativo nesta sexta-feira (16) em Bonito (MS)
CIDADES
Após 10 anos, mulher ganha direito de ter sobrenome de 2 mães já falecidas
ALERTA
Imunização contra febre amarela deve ser feita de forma antecipada
OPERAÇÕES DA PF NO ESTADO
De quarta a domingo, PRF reforça fiscalização nas rodovias do Estado
EDUCAÇÃO
MS terá Centro Nacional de Mídias para implantação do Novo Ensino Médio
CIDADES
Vencedores do XIII Prêmio de Gestão Pública serão conhecidos no dia 19
ECONOMIA
Bandeira tarifária de energia é amarela em novembro
BONITO - MS - BALNEÁRIO MUNICIPAL
Prefeitura renova permanência de quiosques no Balneário Municipal em Bonito (MS)
CIDADES
Advogada que defenderia traficante Jarvis Pavão é executada em cidade paraguaia na fronteira com MS
CIDADES
Briga por carrinho de compras em supermercado termina com homem perfurado por chave de carro em MS