Menu
quinta, 22 de agosto de 2019
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
CIDADES

Empresa de MS demite funcionário por debochar de currículos em redes sociais

25 Abr 2019 - 13h00Por DA REDAÇÃO

Uma empresa com sede em Campo Grande (MS) demitiu ontem (24) o funcionário Paulo Roberto de Moraes por publicar vídeos em redes sociais debochando de currículos que havia recebido para seleção. Em um dos vídeos, ele refere-se a uma mulher cujo currículo continha foto e que ele, por reconhecê-la e não gostar dela, não a contrataria:

“Recebi até o currículo de uma que eu odeio. Eu sou bom de fisionomia, penou em ter mandado foto. Que pena, eu não vou com sua cara e não vou te contratar", dizia em um dos vídeos postados em sua conta no Instagram.

A empresa Avante Energia disse, em nota, que não tolera atitudes de quebra de sigilo de informações: "Não compactuamos com a atitude tomada pelo ex-colaborador que usou sua rede social particular postando vídeos e fotos sem autorização da empresa. [...] Informamos que o responsável pela divulgação do vídeo não faz mais parte do nosso quadro de colaboradores".

 
Funcionário demitido por debochar de currículos na internet diz que não contrataria mulher por ter desavenças com ela. — Foto: Instagram/ReproduçãoFuncionário demitido por debochar de currículos na internet diz que não contrataria mulher por ter desavenças com ela. — Foto: Instagram/Reprodução

Funcionário demitido por debochar de currículos na internet diz que não contrataria mulher por ter desavenças com ela. — Foto: Instagram/Reprodução

Paulo chegou a defender-se em um vídeo após receber diversas mensagens de internautas criticando sua atitude. Na gravação ele disse que "não está bem mentalmente" e que toma remédios para ansiedade. Em outro momento, pede desculpas:

"Estou arrependido de tudo que falei e queria pedir desculpas a todas as pessoas expostas nesses stories e a todas as pessoas que viram aquelas besteiras que eu disse", comentou. O vídeo foi apagado em seguida e a conta em seu nome, excluída.

 
Paulo Roberto chegou a defender-se em um vídeo pedindo desculpas às pessoas expostas por suas postagens apontando currículos — Foto: Instagram/ReproduçãoPaulo Roberto chegou a defender-se em um vídeo pedindo desculpas às pessoas expostas por suas postagens apontando currículos — Foto: Instagram/Reprodução

Paulo Roberto chegou a defender-se em um vídeo pedindo desculpas às pessoas expostas por suas postagens apontando currículos — Foto: Instagram/Reprodução

O funcionário identificava-se como coordenador-geral na Avante Energia, que presta serviços de instalações elétricas na capital. Em nota, a empresa afirmou que Paulo ocupava o cargo de coordenador de serviços.

Leia a nota na íntegra:

A Empresa Avante Energia e Serviços vem por meio desta se pronunciar sobre um vídeo particular de um ex-colaborador postado em sua rede social.

Não compactuamos com a atitude tomada pelo ex-colaborador que usou sua rede social particular postando vídeos e fotos sem autorização da empresa.

A empresa Avante através do seu representante legal informa que não tolera atitudes de quebra de sigilo das informações e não tem a prática de utilizar redes sociais, mediante ao exposto informamos que o responsável pela divulgação do vídeo não faz mais parte do nosso quadro de colaboradores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sorteio
Prêmio da Mega deve pagar R$ 31 milhões nesta quarta-feira
Sorteio
Prêmio da Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 24 milhões no sábado
Fique atento!
Caixa e BB iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep na próxima segunda
LUTO
Ator global João Carlos Barroso morre vítima de câncer
GERAL
Receita abre amanhã consulta a lote de restituição do Imposto de Renda
SORTUDO
Aposta única do RJ acerta as seis dezenas e fatura R$ 30,5 milhões
OPORTUNIDADE
Prefeitura em MS abre processo seletivo com salário de R$ 3,2 mil
Dia dos Pais
Mega-Sena pode pagar R$ 32 mi hoje em primeiro sorteio da semana
OPORTUNIDADE
Inscrições para bolsas remanescentes do Prouni começam hoje
Geral
Morre pai do ex-prefeito de Aquidauana Raul Freixes