Menu
KAGIVA
domingo, 9 de dezembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Empreendedores individuais: MS supera meta e informalidade cai 72%

1 Set 2011 - 07h29Por Campo Grande News

A meta nacional de 1,5 milhão de empreendedores individuais em 2011, pactuada pelo governo federal e instituições de apoio à formalização no País, foi batida na terça-feira (30), quatro meses antes do fim do ano. Até a meia noite de ontem, o sistema registrava 1.503.762 registros. Ao longo de agosto, houve 103,3 mil formalizações, com uma média de 3,4 mil por dia.

“Há uma grande adesão porque é um bom negócio ser formal”, diz o diretor-técnico e presidente em exercício do Sebrae Nacional, Carlos Alberto dos Santos. Em Mato Grosso do Sul, a meta era 6.500 empreendedores formalizados neste ano, alcançada em maio. De acordo com relatório do Portal do Empreendedor hoje já são 11.166 novos cadastros, valor que supera em 72% o previsto no Estado.

Para o diretor técnico do Sebrae em MS, Tito Estanqueiro, esse resultado se deve também à entrada de alguns benefícios. “As alterações na lei, como a redução da alíquota do INSS de 11% para 5%, a solidez do processo: depois de um ano as pessoas verificaram que é algo sério e estão confiantes e o exemplo de empreendedores que se formalizaram e prosperaram em seus negócios”, avalia.

Segundo o levantamento, a região de Campo Grande é a que se destaca neste percentual, concentrando 52% das formalizações, seguida pela região sul, com 22% e Bolsão com 10%. Ao todo, o Estado já tem mais de 26 mil empreendedores individuais.

A figura jurídica do Empreendedor Individual foi criada pela Lei Complementar 128/08 e mudou a realidade do País, que era a de uma informalidade crescente na economia. Segundo Mapa de Informalidade, feito pela Prefeitura de Campo Grande, em 2009, a Capital tinha cerca de 26.600 informais. De lá pra cá, a cidade já contabiliza mais de 13 mil empreendedores que entraram para o mercado formal.

Integrante do grupo de órgãos públicos e instituições responsáveis por colocar o Empreendedor Individual em prática, o Sebrae, junto com parceiros, vem promovendo mobilizações para incentivar as formalizações por meio das chamadas Semana do Empreendedor Individual.

Empreendedor Individual (EI) é a forma especial de formalização de empreendedores por conta própria como costureiras e chaveiros, entre cerca de 430 ocupações que possibilitam uma receita bruta anual de até R$ 36 mil. Eles recolhem uma alíquota mensal de 5% sobre o salário mínimo para o INSS, mais R$ 1,00 de ICMS, se atuar na indústria ou comércio, e R$ 5,00, se for do setor de serviço.

Os empreendedores formalizados podem tirar o registro no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), emitir nota fiscal, acessar financiamentos e participar de licitações públicas, além de garantir a cobertura da Previdência Social.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DA G.M DE BONITO
Guarda Municipal de Bonito prende condutor embriagado em flagrante
AÇÕES DA GUARDA MUNICIPAL DE BONITO
Menores são presos por estarem destruindo o patrimônio público em Bonito
CONCURSOS
EDITAL da Polícia Militar abre 120 vagas com salário de R$ 5.769,42
TECNOLOGIA - ANDROIDS
Estes 22 apps detonam a bateria de milhões de Androids; veja a lista
BONITO - MS - NO JAPÃO - MMA
Bonitenses Sidy Rocha e a Edna Trakinas lutam neste domingo em Tokyo no Japão
BONITO - MS - AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador entrega na terça-feira mais de R$ 36 milhões em obras em Bonito (MS)
DOR E TRISTEZA
Gabrielly começou a ser agredida por colegas após presentear professora, diz família
GOVERNADOR DO RJ PRESO EM OPERAÇÃO
Pezão participa de hasteamento da bandeira em presídio de Niterói
BONITO - MS - EDUCAÇÃO INFANTIL
Bonito (MS) inova na educação infantil e terá jornada integral e parcial na Rede Municipal de Ensino
EM CIDADE DO MS - CRIME
Em MS, Homens são mortos com requintes de crueldade e polícia suspeita de latrocínio