Menu
mutantes
quarta, 20 de fevereiro de 2019
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Embrapa estuda variedades de pimenta

4 Jul 2011 - 14h46Por Correio do Estado

Um grupo de pesquisadores está estudando formas de desenvolver variedades de pimenta que tenham diferentes graus de ardência.

As estufas da Embrapa Hortaliças, que fica a 30 quilômetros de Brasília, estão cheias de pimenteiras. São mais de quatro mil tipos diferentes vindos de todas as regiões do país e até do exterior. Algumas foram coletadas no meio da rua ou no quintal de uma casa.

Há um exemplar encontrado na Amazônia e chamou a atenção dos pesquisadores. “É uma pimenta que tem uma característica muito interessante. Ela é cheia de pelos, o que, em geral, é associado à resistência a uma série de insetos”, explica o agrônomo Francisco Reifschneider.

A partir do estudo das plantas os pesquisadores desenvolvem novas variedades, identificando características como tamanho, formato, cor e, no caso das pimentas, o ardor do fruto.

Em breve, novas variedades de pimenta ardidas e não ardidas serão lançadas pela Embrapa com o uso da nova técnica e sem que o pesquisador Francisco Reifschneider e sua equipe sofram com o ardor do fruto.

Com essa tecnologia, a Embrapa já tem em estudo dezenas de variedades de pimentas com diferentes graus de ardor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança