Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 16 de outubro de 2018
KAGIVA
Busca

Embargo da Rússia à carne brasileira deve gerar prejuízo mensal de US$ 8 mi ao PR

3 Jun 2011 - 16h20Por Agência Brasil

O embargo imposto pelas autoridades sanitárias da Rússia à importação de produtos de frigoríficos brasileiros deve gerar um prejuízo mensal de US$ 8 milhões às indústrias de carnes de frango, suína e de aves do Paraná. A estimativa é do Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados no Estado do Paraná (Sindicarne).

O presidente do Sindicarne e da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), Péricles Salazar, acredita que o impacto será o mesmo de quando o Brasil interrompeu as importações para a Rússia, em 2005, devido à febre aftosa. Segundo ele, o cálculo dos prejuízos é baseado no total exportado pelo estado, nos três setores, em 2010, que foi de U$ 96 milhões. “Temos que trabalhar agora com a expectativa de que o governo altere o prazo de entrada em vigor da medida de 15 de junho para, pelo menos, 30 de junho”

Durante essa fase, “técnicos do governo devem ir à Rússia negociar e explicar melhor as condições sanitárias do país, que são boas”, disse o presidente do Sindicarne à Agência Brasil. Ele avalia a decisão russa como política e não técnica. “Nossas relações comerciais com os russos sempre foram tumultuadas”, disse.

Salazar adiantou que deve participar, na próxima segunda-feira, em São Paulo, de uma reunião entre o governo e representantes do setor.

No Paraná, o setor que mais exporta carne para a Rússia é o suíno – 18,9 mil toneladas  ao ano (33,5%). Em segundo lugar vem as exportações de bovinos, com 2,9 toneladas (13,4%) e, por último, a de aves com 27,1 toneladas por ano (2,7%).

Deixe seu Comentário

Leia Também

APOIO À REINADO AZAMBUJA
Deputado do MDB reúne prefeitos, vereadores e lideranças de MS em apoio à Reinaldo Azambuja
BONITO - MS
Conhecimento e muita diversão marcaram o 7° Acampamento do Instituto Mirim Ambiental de Bonito
DESAPARECEU
Servidora pública com depressão desaparece e preocupa família
PESQUISA IBOPE PARA PRESIDENTE
IBOPE: Para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
BONITO - MS - RIO MIRANDA
Em Bonito, Rio Miranda volta ao nível normal e Defesa Civil monitora as regiões mais afetadas
MUNDO DA TV
Com paralisia, Liminha segue internado e sem previsão de alta
ENTRETENIMENTO
Na reta final de “Sol”, Remy descobrirá que é tio da Karola
ANIMAIS COM VONTADE DE VIVER
Cachorro com câncer anda em balão, toma sorvete e acampa
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Caravana da Saúde salvou e continuará salvando vidas, diz Reinaldo Azambuja
VENDAVAL NO MS
Vendaval destelha barracão e danifica máquinas agrícolas em fazenda