Menu
KAGIVA
tera, 14 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Em MS, 69% dos municípios não prestaram contas do Bolsa Família

22 Mar 2011 - 08h31Por Campo Grande News

Dados do MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome) divulgados nesta segunda-feira mostram que em Mato Grosso do Sul, 69% dos municípios não prestaram conta dos repasses do Bolsa Família. Sem a apresentação e aprovação das contas, os municípios podem ficar sem recursos.

As informações são referentes aos recursos do IGD-M (Índice de Gestão Descentralizada Municipal) aplicados em 2009. Os Conselhos Municipais de Assistência Social devem apresentar a prestação de contas até 31 de março, sob pena de não receber o dinheiro de 2011 a partir de abril.

Até o dia 17 de março, data do relatório apresentado pelo MDS, apenas 24 municípios de Mato Grosso do Sul haviam apresentado a prestação de contas. Deste total, oito tiveram os dados aprovados e 16 não se manifestaram até o momento.

O ministério informou que os nomes dos municípios que faltam apresentar as contas não foram divulgados uma vez que a planilha de prestação de contas é atualizada com frequência.

A prestação de contas é item primordial para que as prefeituras continuem recebendo os recursos a serem aplicados em ações administrativas do Programa Bolsa Família, em um total de R$ 24 milhões em todo o Brasil.

No dia 31 de março, encerra o prazo de apresentação de contas de 2009 e também da aprovação total pelo conselho. Caso os dados não sejam apreciados, ou aprovados parcialmente, o município fica impedido de receber o IGD-M e só voltará a receber o recurso quando o problema foi resolvido.

No Brasil, apenas 33% dos municípios prestaram contas, em um total de 1852 cidades. O Distrito Federal ainda não apresentou prestação, ficando no topo da lista de não prestação de contas, seguido pelo Amapá, que tem 93,75% dos municípios pendentes.

De acordo com portaria do MDS, os recursos do IGD-M devem ser aplicados pelos municípios na implementação de programas complementares ao Bolsa Família, como alfabetização de jovens e adultos, capacitação profissional, geração de trabalho e renda, acesso ao microcrédito produtivo orientado e desenvolvimento comunitário e territorial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIDROLÂNDIA E MARACAJU
Com tecnologia de R$ 70 mil, produtor usa lavoura para apoiar Bolsonaro em Mato Grosso do Sul
BONITO - MS - MAIS ASFALTO EM RUAS
Asfalto está chegando na Rua das Esmeraldas, ela não estava incluída no projeto original em Bonito
MIRANDA - MS - INVESTIMENTOS DO GOVERNO DO MS
Governo do MS investe R$ 1,9 milhão na recuperação de ruas que estavam abandonadas em Miranda (MS)
BONITO - MS - LEVANTAMENTO DO FESTIVAL DE INV
BONITO (MS): Em levantamento, 84% do público que passou pelo Festival de Inverno eram do MS
CIDADES
Curso para Disseminadores da Educação Fiscal está com inscrições abertas
CIÊNCIA E TECNOLOGIA NO ESTADO
Divulgado resultado final de Programa que concede recursos para eventos técnico-científicos em MS
BONITO - MS - ATENÇÃO A TODOS
Decreto proíbe entulho de construção em ruas e calçadas em Bonito (MS)
FATALIDADE
Pecuarista de 78 anos morre pisoteado por boi em curral
REFLEXOS INDESEJADOS
Quase metade dos presos de MS são ligados ao tráfico
50%
Caixa oferta 158 imóveis com descontos para venda no Estado