Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 16 de outubro de 2018
KAGIVA
Busca

Em meio à greve, Correios apressam contratação e treinamento de concursados

23 Set 2011 - 13h15Por Correio do Estado

Os Correios estão acelerando o ritmo de contratação dos profissionais aprovados no último concurso. Segundo o edital, eles deveriam assumir os cargos até o final de outubro, mas nestas segunda e terça-feira 239 candidatos fizeram o teste físico em Mato Grosso do Sul. A assessoria informou que isso aconteceria normalmente, mesmo se não estivessem em situação de greve.

Futuros carteiros fizeram testes de barra fixa, corrida de 12 minutos e medição da força muscular. Cerca de 50 profissionais, entre empregados dos Correios e militares se mobilizaram. Em todo o Brasil, foram contratados 2.125 dos 3.116 aprovados nos cargos de atendentes comerciais, cargos de nível superior e carreiras específicas. Em Mato Grosso do Sul, 40 novos atendentes, aprovados no último concurso, iniciam os trabalhos a partir de segunda-feira em 36 localidades do Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - OBRAS E MELHORIAS
BONITO: Agesul e prefeitura concluem revitalização de mais de 70 KM da estrada vicinal da La Lima
ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE
Bolsonaro lidera em 4 regiões; Haddad está na frente no Nordeste, VEJA OS GRÁFICOS
LUTO NA TV
Aos 78 anos, morre o jornalista Gil Gomes
TRAGÉDIA
Menina de 2 anos é atropelada na garagem de casa quando mãe dava ré no carro, em Campo Grande
APOIO À REINADO AZAMBUJA
Deputado do MDB reúne prefeitos, vereadores e lideranças de MS em apoio à Reinaldo Azambuja
BONITO - MS
Conhecimento e muita diversão marcaram o 7° Acampamento do Instituto Mirim Ambiental de Bonito
DESAPARECEU
Servidora pública com depressão desaparece e preocupa família
PESQUISA IBOPE PARA PRESIDENTE
IBOPE: Para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
BONITO - MS - RIO MIRANDA
Em Bonito, Rio Miranda volta ao nível normal e Defesa Civil monitora as regiões mais afetadas
MUNDO DA TV
Com paralisia, Liminha segue internado e sem previsão de alta