AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 26 de abril de 2018
KAGIVA
ITALÍNEA DOURADOS
18 de maio de 2011 07h13

Em Ladário, prefeito convoca coletiva para falar sobre operação da PF

Campo Grande News
Anderson Gallo/Diário OnlineAnderson Gallo/Diário Online

O prefeito de Ladário, José Antonio Faria, convocou coletiva de imprensa para dar esclarecimentos sobre a “Operação Questor” deflagrada na manhã dessa segunda-feira (16) pela Polícia Federal. A coletiva será às 08h no gabinete da cidade.

A operação prendeu secretários municipais, servidores públicos e um empresário que participavam de um esquema de fraudes na prefeitura de Ladário que incluía combinação de preços e inserção de empresas fantasmas em licitações.

O prejuízo aos cofres públicos supera meio milhão de reais.

O delegado chefe da Polícia Federal de Corumbá, Alexandre Nascimento, declarou em entrevista ao Diário Online que funcionários públicos do “alto escalão da Prefeitura de Ladário” foram presos durante a operação.

O prefeito não foi citado nessa operação, mas deve ser investigado.

De acordo com o MPF (Ministério Público Federal), as investigações iniciaram a partir de suspeitas de irregularidades na aplicação de recursos federais destinados à merenda dos estudantes da rede municipal de Ladário.

Em seguida, foi instaurado inquérito policial para investigação dos crimes de corrupção, fraudes em licitações, falsificação de documentos públicos e formação de quadrilha.

Foram presos: Name Antonio Faria de Carvalho (Secretário Municipal de Finanças); Eliene Urquiza (Secretária Municipal de Educação); Candelária Lemos (Advogada Geral do Município); Márcio José Pimenta (Setor de Licitações); Samuel Molina (Contador); e Maria Helena Silva (Núcleo de Projetos da Prefeitura). A prisão é válida por cinco dias. Em Campo Grande, a PF prendeu um empresário.

Comentários
Veja Também
dothshop
Últimas Notícias
  
bonito_celular
ANÚNCIOS
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.