AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 12 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
KAGIVA
14 de Março de 2011 08h45

Em jogo tenso, cheio de rivalidades Comerário termina no 2 a 2

Campo Grande News
CampograndenewsCampograndenews

Apesar poucos torcedores Comercial e Operário fizeram um clássico de emoções para os torcedores das duas equipes. De um lado, o Comercial, campeão estadual de 2010, do outro o Operário, que recentemente subiu da segunda divisão do futebol sul-mato-grossense.

Cerca de 1.500 pessoas assistiram o jogo, que terminou empatado em 2 a 2. Na estrutura as torcidas foram separadas. Comercialinos do lado direito de quem entra pela arquibancada coberta e operarianos do lado esquerdo separado apenas por um alambrado, sem policiamento adequado muito abaixo do que foi visto no recente jogo entre Comercial e Vasco pela Copa do Brasil.

Com muita raça o Operário abriu o placar com Guilherme, quase no final do primeiro tempo, minutos depois o Comercial deu o troco e igualou o placar com Rafinha.

Do lado de fora dos gramados, ainda durante a primeira etapa, dois torcedores operarianos roubaram faixas da torcida do Comercial, o que quase gerou uma briga entre parte das duas torcidas, mas houve a interferência de alguns policiais militares, inclusive com uma bomba de efeito moral. Sem mais grande emoções, seguiu o primeiro até seu término.

No segundo tempo, o Operário conseguiu ampliar o placar, com um frango do goleiro Aldo do Comercial, com toque fraco do jogador Luis Gustavo, que provocou a torcida adversária. Primeiro com a mão no ouvido, dizendo que para torcida ficar quieta e depois rebolando fazendo uma dança da “bundinha”.

Dentro do campo o Opérario, que realizou uma peneirada entre jogadores profissionais para montar seu elenco, demonstrou mais fibra e vontade de vencer.

Do lado Colorado, muitos passes mal feitos, chutes errados e cruzamentos sem finalização.

Fora do campo a torcida que cantou sem parar, mudou de lado e começou a cobrar o técnico e jogadores com dizeres, “Amarildo pipoqueiro” ou “Vergonha, time sem vergonha”, no ritmo da música Poeira, da cantora Ivete Sangalo. Porém os jogadores colorados silenciaram as criticas com o gol de Memé, que empatou o jogo, com um frango do goleiro Diego, do Operário.

Assim seguiu o segundo tempo da partida, com clima tenso para os jogadores e torcedores dos times que saíram satisfeitos com resultado, sem a vitória de um lado.

Na próxima rodada o Comercial enfrenta o Maracaju no Morenão e o Operário enfrenta o Cene no Olho do Furacão, estádio do Cene.

Comentários
Veja Também
AGÊNCIA_SUCURI_LATERAL
Últimas Notícias
  
dothshop
ANUNCIE AQUI
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.