Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quinta, 18 de outubro de 2018
KAGIVA
Busca

Em alta, custo do metro quadrado da construção atinge R$ 800 em MS

11 Jul 2011 - 14h03Por Diário MS

Construir nunca esteve tão caro em Mato Grosso do Sul. O crescimento do crédito habitacional, aliado aquecimento do setor do imobiliário e a falta de mão-de-obra, tem provocado sucessivas altas no custo da construção no Estado. Conforme os dados do Sinapi (Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil), divulgados ontem pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), atualmente, para se edificar um metro quadrado é preciso desembolsar R$ 800,45, considerando apenas material e mão-de-obra. Este é o maior custo da construção em MS desde o início do levantamento do IBGE.

Segundo o levantamento, em junho, o preço da construção teve uma elevação de 0,60%. Com esse reajuste, o consumidor passou a pagar R$ 4.53 a mais por metro quadrado construído, em relação a maio. O levantamento mostra que quem constrói hoje uma obra de 100 metros quadrados, por exemplo, precisa desembolsar R$ 5.176 a mais do que em janeiro deste ano, quando o metro quadrado custava R$ 748,39.

No ano, MS acumula a segundo maior alta no custo da construção civil do país, com uma variação de 7,10%. O Estado perde apenas para Maranhão, onde o custo do metro quadrado teve uma alta de 7,63% nos primeiros seis meses do ano. Já nos últimos 12 meses, construir ficou 9,57% mais caro no Estado. É a terceira maior alta do país, ficando atrás apenas do Mato Grosso (14,2%) e Maranhão (10,26%). O custo da construção no Estado é maior que a média do Centro-Oeste (R$ 798,12).

BRASIL

No país, o custo da construção registrou uma alta de 0,60% em junho. A taxa do Índice Nacional da Construção Civil, no entanto, mostra desaceleração em relação a maio, quando a alta ficara em 1,50%. No acumulado do ano, a alta está em 3,82%, abaixo dos 4,3% registrados de janeiro a junho de 2010. Em 12 meses, a alta situou-se em 6,82%, abaixo dos 6,88% registrados nos doze meses imediatamente anteriores.

O custo por metro quadrado ficou em R$ 795,64 em média, sendo R$ 440,81 relativos aos materiais e R$ 354,83 à mão de obra. Em maio, o preço médio do metro quadrado era de R$ 790,00. A maior variação regional em junho foi verificada no Centro-Oeste, com alta de 1,73%, pressionada pelo reajuste salarial em Mato Grosso. Na região Sul, a alta no mês foi de 1,31%; no Nordeste, de 0,48%; 0,30% no Sudeste e 0,19% no Norte.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - NA SESSÃO
Nixon solicita a Senadora emenda para aquisição de equipamentos para hospital de Bonito (MS)
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO NA CÂMARA
Luisa pede ao Poder Executivo ambulância para o Distrito Águas do Miranda em Bonito (MS)
ESTRAGOS DAS CHUVAS EM MS
Mais uma cidade de MS decreta situação de emergência devido aos estragos provocados por chuva
BONITO - MS - TRABALHO LEGISLATIVO
Indicações e Requerimentos foram aprovados durante sessão da Câmara em Bonito (MS)
MELHOR SALÁRIO É DO MS
Fetems confirma: Reinaldo paga o melhor salário de professor do Brasil
NO RIO MIRANDA - MULTA E APREENSÃO
PMA prende e autua em R$ 17 mil oito turistas paulistas pescando com redes e tarrafas no Rio Miranda
BONITO - MS - TESTE EM AEROPORTO
Aeroporto terá testes durante Seminário Nacional de Perícia em BONITO (MS)
ENTRETENIMENTO
FAZENDA 10: Dívida de Perlla com ex-empresário ultrapassa R$ 1 milhão
A FAZENDA 10 - ENTRETENIMENTO
'Vaza' passado cabeludo de Fernanda Lacerda e Léo Stronda fora da Fazenda
A FAZENDA 10 - FOGO NO FENO
Mulher de Rafael Ilha detona Gabi Prado e dispara contra peoa: 'Deve sofrer de alguma doença'