Menu
mutantes
sbado, 23 de fevereiro de 2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Eleição dos bancários é marcada por tumulto em Campo Grande

17 Mar 2011 - 13h23Por Campo Grande News

Com duração de dois dias, a eleição para presidente do Sindicato dos Bancários começou hoje com tumulto em Campo Grande. A disputa entre as chapas se acirrou logo cedo.

Por volta das 5h30, quando as urnas seriam despachadas para o interior, houve confusão na sede da entidade, localizada na Barão do Rio Branco. Concorrem à eleição o atual presidente José Aparecido Clementino Pereira (chapa 1) e a secretária geral do sindicato, Iaci Azamor Torres (chapa 2).

Na versão de José Clementino, as agressões, primeiro verbal e depois física, partiram da chapa 2, reforçada por representantes de outros sindicatos. “Eram cerca de 50 pessoas. Eles vieram para bater mesmo”, afirma.

De acordo com ele, uma pessoa que levaria uma urna para o interior foi agredida. “Parecia um enxame de abelhas”, relata. Porém, não foi informada a identidade da vítima e nem se ela precisou de atendimento médico.

O candidato conta que a PM (Polícia Militar) chegou a ir ao local. José Clementino preside o sindicato há seis anos.

Já Iaci Torre, da chapa 2, relata que não estava no local, mas recebeu a informação de que a confusão foi recíproca.

“Chegamos em maior número e eles começaram a tirar fotografia, a jogar beijinho. Depois, virou bate boca e os ânimos se exaltaram. Foi lamentável”, afirma. Segundo ela, a polícia não foi ao local. “Só porque o meu irmão é coronel da PM acham que a polícia vai me proteger. Quem manda na polícia é o governador”.

A candidata frisa que conta com apoio de diversos sindicatos, como dos vigilantes, transportadores e Correios. Ambos trocam acusação de interferência política na disputa pelo sindicato.

Seguranças – A comissão eleitoral não recebeu denuncias das chapas. Na sede da entidade, há cinco seguranças de uma empresa privada, além de câmeras na sala onde as urnas ficarão armazenadas.

De acordo com o presidente da comissão eleitoral, José dos Santos Coqueiro, o resultado da eleição deve ser divulgado na madrugada de sábado. O voto é em cédula de papel.

Dos 2.600 filiados, 1.722 estão aptos a votar. A entidade abrange Campo Grande e região, como as cidades de Bonito, Bodoquena, Sonora e Costa Rica. Na sede do sindicato, foi montada uma urna fixa e 21 urnas itinerantes recolhem as cédulas nas agências.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Morador em MS morre após pneu de caminhão que o mesmo estava calibrando estourar
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Polícia Militar de BONITO prende traficante com mais de 10kg de maconha
POLÍCIA
Três vão presos e caminhonete lotada de maconha é apreendida na MS-060
GERAL
Transição torna aposentadoria pelo teto do INSS quase inacessível
BONITO - MS - FURTO DE MUDAS DA CICLOVIA
Prefeitura pede colaboração da população para evitar o furto de mudas na ciclovia em Bonito (MS)
POLÍCIA
Indígena é assassinada pelo ex-marido em MS
MUDANÇA
Cota zero começa a valer em 2020 nos rios de Mato Grosso do Sul
CIDADES
Carregado com bovinos, caminhão tomba e animais ficam soltos em via
PRODUTIVIDADE
Maior exportador de tilápia do País, MS eleva produção
EMPREGOS E CONCURSOS
Secretária de Educação aprova e reconhece novos cursos técnicos em 10 cidades de MS