Menu
ITALÍNEA DOURADOS
domingo, 9 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca

Edital para franqueadas deve sair em setembro

26 Jul 2011 - 17h29Por Agência Brasil

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) fez ontem (25) uma audiência pública para debater o edital de licitação de novas agências franqueadas, que contou com a participação de cerca de 300 pessoas. A previsão é que o edital definitivo seja lançado no final de setembro e abra licitação para 830 novas agências franqueadas dos Correios em todo o país.

Segundo os Correios, o objetivo da audiência foi dar mais transparência ao processo e acolher sugestões de melhoria sobre o modelo de concessão de franquias, além de esclarecer dúvidas dos interessados na licitação. As dúvidas e sugestões apresentadas e as respostas dos Correios serão publicadas no site da empresa a partir do dia 29 deste mês.

Atualmente, a rede de agências franqueadas dos Correios tem cerca de 1,4 mil unidades. A empresa tem ainda 6 mil agências próprias e mais de 4 mil agências comunitárias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DA G.M DE BONITO
Guarda Municipal de Bonito prende condutor embriagado em flagrante
AÇÕES DA GUARDA MUNICIPAL DE BONITO
Menores são presos por estarem destruindo o patrimônio público em Bonito
CONCURSOS
EDITAL da Polícia Militar abre 120 vagas com salário de R$ 5.769,42
TECNOLOGIA - ANDROIDS
Estes 22 apps detonam a bateria de milhões de Androids; veja a lista
BONITO - MS - NO JAPÃO - MMA
Bonitenses Sidy Rocha e a Edna Trakinas lutam neste domingo em Tokyo no Japão
BONITO - MS - AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador entrega na terça-feira mais de R$ 36 milhões em obras em Bonito (MS)
DOR E TRISTEZA
Gabrielly começou a ser agredida por colegas após presentear professora, diz família
GOVERNADOR DO RJ PRESO EM OPERAÇÃO
Pezão participa de hasteamento da bandeira em presídio de Niterói
BONITO - MS - EDUCAÇÃO INFANTIL
Bonito (MS) inova na educação infantil e terá jornada integral e parcial na Rede Municipal de Ensino
EM CIDADE DO MS - CRIME
Em MS, Homens são mortos com requintes de crueldade e polícia suspeita de latrocínio