Menu
KAGIVA
quarta, 12 de dezembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC

Duas pessoas não decidem pelo PMDB de MS, diz deputado Marcos Trad

19 Mar 2011 - 18h01Por Midiamax

Após uma reunião a portas fechadas que definiu três nomes como pré-candidatos do PMDB para disputar a sucessão de Nelson Trad Filho em Campo Grande, o irmão dele, deputado estadual Marcos Trad, também peemedebista, garantiu que continua no páreo. Ele não está na lista definida durante a reunião secreta desta sexta-feira (18).

"Eu vou ser candidato. Tenho uma coisa que nenhum dos nomes citados possui: apoio popular", assegura Marcos.

Na conversa que definiu os nomes de Edil Albuquerque, Carlos Marun e Paulo Siufi como pré-candidatos do PMDB para a prefeitura da Capital estavam o atual prefeito nelsinho, e o governador André Puccinelli.

“Eu não fui chamado, e acredito que não seria chamado, não sou homem de ser enquadrado. Eu não vou ser enquadrado nem por irmão, nem por quem pensa que é dono do PMDB”, alfinetou Marquinhos.

Porém, perguntado sobre uma possível mudança de partido, Marquinhos Trad desconversa.

Mesmo assim, ele acha precipitado considerar encerradas as negociações internas. “É estranho reunir apenas duas autoridades do PMDB para definir o futuro da sigla. O partido é bem maior que isso”, analisa o parlamentar.

Ainda sobre sua candidatura, Marquinhos afirmou que “acha muito difícil disputar a eleição pelo PMDB”. Segundo o parlamentar, os pré-candidatos escolhidos talvez “se submetam à vontade de poucos”.

Relação familiar

O deputado estadual Marquinhos Trad é irmão do atual prefeito Nelsinho, fato que, pelo código eleitoral proíbe o parlamentar de se candidatar à reeleição. Ainda assim, ele afirma que não pode “prever decisões judiciais”, e que a questão é “controvertida” no país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador Reinaldo Azambuja conclui MS-178 e entrega casas para 64 famílias em Bonito (MS)
ITAPORÃ - TRAGÉDIA EM FAMÍLIA
CRIME EM ITAPORÃ: Neto matou avó com duas facadas nas costas
BONITO - MS - CASO JOÃO DE DEUS
Bonito (MS) recebeu 'João de Deus' em 2008 e promotoria se coloca a disposição para denúncias
ITAPORÃ - CRIME EM FAMÍLIA
Menor mata a própria avó a facadas em Itaporã
CIDADES
Servidores do MPMS poderão trabalhar de casa a partir do próximo ano
TRANSPORTES
Definida empresa que irá elaborar Plano Diretor de Passageiros de MS
ATENÇÃO A TODOS
Jovem lutadora russa morre eletrocutada após queda de iPhone no banho
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Atenção contribuinte: Sistema autorizador da NF-e valida novos códigos a partir de 2019
EDUCAÇÃO
Universidade abre 1.481 vagas para portadores de diploma
CIDADES
Operação que tem Aécio como alvo cumpre mandados em MS