Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quinta, 16 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

DIU reduz em 50% risco de tumores de colo do útero

14 Set 2011 - 13h47Por Folha.com

Mulheres que usam o método contraceptivo DIU (dispositivo intrauterino) têm 50% menos risco de desenvolver câncer de colo do útero em comparação com quem nunca usou o implante.

As conclusões são do maior estudo já feito sobre o assunto, com dados de mais de 20 mil mulheres. A pesquisa, feita na Espanha, França e Holanda, foi publicada no periódico médico "Lancet".

Os médicos revisaram dez estudos e ajustaram fatores como número de exames Papanicolaou e de parceiros sexuais para excluir outras causas para os resultados.

Já se sabia que o DIU reduz o risco de câncer do endométrio, mas os resultados sobre a relação do dispositivo com tumores de colo de útero não eram claros até agora.

O efeito protetor do dispositivo contra o câncer de colo uterino foi observado depois de um ano de uso do DIU e não foi alterado mesmo depois de dez anos.

O implante, porém, não previne que a mulher seja infectada com o vírus HPV (causador do câncer) e tenha lesões. O que muda é a progressão dessas lesões. 

EXPLICAÇÃO

A proteção conferida pelo DIU pode se dever ao fato de o implante causar uma inflamação na cavidade uterina, estimulando uma resposta imune do corpo. Isso aumenta as defesas da mulher em relação à progressão da lesão para o câncer.

"As hipóteses ainda são especulativas, porque esse é um achado novo, mas o mais relevante são os resultados em si", afirma César Eduardo Fernandes, presidente da Sogesp (Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo).

Segundo ele, muitos ainda associam o dispositivo a um risco maior de doenças infecciosas, em grande parte por causa dos primeiros implantes, dos anos 70, que de fato aumentavam o risco de infecções bacterianas.

"O implante ainda carrega essa mácula do passado. Mas, agora, o estudo mostra que o DIU não causa mais infecções do HPV e ainda protege contra os tumores", afirma.

Os DIUs mais usados são o de cobre e o hormonal. A pesquisa não diferenciou qual tipo as mulheres usavam.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
BONITO - MS - NAS ESTRADA VICINAIS
Agesul e prefeitura recuperam 120 Km de estradas vicinais em Bonito (MS)
BONITO - MS
Incêndio de grandes proporções destrói imóvel do Instituto Internacional Visão de Vida de Bonito
ELEIÇOES 2018 NO ESTADO
Renúncia de Chaves abre crise e tensão na campanha de Odilon
COMPORTAMENTO
Colégio Militar pula página com foto de gays para não falar de homossexualidade
CULTURA
Aniversário de 100 anos da Morada dos Baís terá concerto, espetáculo e memórias
ESPORTE
Lutador de MS é convocado para Mundial em outubro na Turquia
POLÍTICA
Com fim da hegemonia da TV, internet pode ser decisiva nestas eleições
POLÍTICA
TSE registra mais de 23 mil candidatos às eleições de outubro
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)