Menu
BANNER ANNA
quinta, 23 de janeiro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Dilma quer que administrador que permitir ocupação irregular seja punido

29 Mar 2011 - 15h17Por Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff afirmou que irá propor mudanças no Estatuto das Cidades para punir administradores públicos que permitirem ocupação irregular do solo. O objetivo, segundo Dilma, é evitar desastres envolvendo populações que vivem em áreas de risco.

“As tragédias ocorrem em boa parte dos casos pela ocupação de áreas de risco. Administradores públicos que permitam ocupação irregular serão responsabilizados”, afirmou hoje (29) na coluna Conversa com a Presidenta, publicada semanalmente em jornais.

A presidenta informou também que espera resultados concretos já para o segundo semestre deste ano sobre o Sistema Nacional de Alerta e Prevenção de Desastres Naturais que está em elaboração pelo Ministério de Ciência e Tecnologia junto com as Forças Armadas e a Defesa Civil.

Segundo Dilma, os pontos de risco de todo o país estão sendo mapeados pela Universidade Federal de Santa Catarina para orientar as políticas de prevenção.

Na coluna, a presidenta falou também sobre educação e afirmou que irá lançar ainda este semestre o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec) com o objetivo de qualificar trabalhadores para o mercado de trabalho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTUPRO
Construtor estupra enteada de 12 anos após trancar esposa em cômodo de casa
PEDOFILIA
Polícia prende pedófilo após pai se passar pela criança em conversa no WhatsApp
PRESO
Suspeito de matar homem esfaqueado no pescoço é preso em Dourados
Júri
Acusado de matar com 15 facadas é condenado a 1 ano de prisão e multa
OPORTUNIDADE
Prefeitura de Caracol abre seleção para professores de ensino fundamental
Assassinato
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados
Ferido
Homem fica ferido ao tentar segurar carroceria de caminhão com a perna
Achado de cadáver
Adolescente desaparecida foi encontrada morta e enterrada na casa de traficante em MS
Novas placas
Placa do Mercosul não será exigida em caso de troca de município
Sorteio
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 35 milhões nesta quinta-feira