Menu
mutantes
quinta, 25 de abril de 2019
ASSOMASUL MARÇO
Busca
ÁGUAS DE BONITO

Dilma mantém compromisso de Lula de pagar mais ao Paraguai pela energia de Itaipu

9 Mai 2011 - 17h03Por Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff encerra no próxim dia 23, em Montevidéu (Uruguai), o ciclo de viagens aos países do Mercosul. No domingo (15), ela segue para Assunção, no Paraguai, onde pretende anunciar o o novo valor que o Brasil vai pagar pelo excedente da energia gerada pela Usina Hidrelétrica de Itaipu. O Paraguai usa apenas 5% da energia a que tem direito. O excedente é comprado exclusivamente pelo Brasil. O valor a ser pago ao governo paraguaio passará de US$ 120 milhões para US$ 360 milhões.

Em Asssunção, Dilma também participará das comemorações do Bicentenário da Independência do Paraguai. Na solenidade estarão presentes vários presidentes da América do Sul e do Caribe e a expectativa é que Dilma se reúna com alguns deles, disse o assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência, Marco Aurélio Garcia.

As visitas aos países do Mercosul fecham o ciclo considerado prioritário por Dilma que, quando tomou posse, avisou que a América do Sul ocuparia lugar de destaque na política externa, assim como a questão dos direitos humanos e o combate à pobreza.

No caso do Paraguai, a presidenta resolveu intensificar a campanha para cumprir a promessa, feita pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de reajustar o valor pago pelo Brasil ao Paraguai pela cessão de energia da hidrelétrica binacional. A previsão é que o projeto de decreto legislativo que aumenta o valor seja votado amanhã (10) à tarde pelo Senado.

Porém, a proposta divide as opiniões dos senadores. Os governistas defendem que o Brasil necessita de energia excedente da hidrelétrica e que a população não será penalizada com o reajuste, pois os valores não serão repassados aos consumidores. Mas a oposição levanta dúvidas sobre os argumentos do governo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Anão do crime mobiliza até elite da PM para sua prisão em MS
POLÍTICA
Para bancada de MS, barganha para Reforma da Previdência é fake ou crime
CIDADES
Com 26 mil notificações em MS, casos de dengue apresentam tendência de queda
POLÍCIA
Polícia Civil prendeu 193 pessoas em MS durante operação nacional
GERAL
Avianca não opera em Mato Grosso do Sul a partir de segunda-feira
EMPREGOS E CONCURSOS
Governo confirma edital do concurso dos bombeiros e PM para próxima semana
POLÍTICA
‘Não pode faltar investigação’, diz Raquel Dodge no MPMS sobre pressão de políticos
RIO DA PRATA - MS
Conheça os melhores pontos do Rio da Prata, atrativo próximo a Bonito (MS)!
BONITO - MS - INSCRIÇÕES ABERTAS
Bonito (MS) receberá o 1º Open de Squash em maio, inscrições já estão abertas
TURISMO
Na região Norte, rota “Cerrado Pantanal” quer ser novo destino turístico de MS