Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
quarta, 20 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
UNIPAR_PC

Dilma diz que estenderá ‘limpeza’ do Dnit aos Estados

20 Jul 2011 - 15h03Por Blog Josias de Souza - Folha.com

Dilma Rousseff encomendou um levantamento sobre as superintendências do Dnit nos 26 Estados e no Distrito Federal.

Quer conhecer o perfil dos superintendentes. Deseja saber quem os indicou. Requisitou dados sobre a situação das obras, sobretudo as do PAC.

Um auxiliar da presidente disse ao blog que Dilma decidiu levar aos Estados a “limpeza” iniciada por Brasília.

Responsável pela infraestrutura terrestre do país, o Dnit tornou-se o principal foco de irregularidades no Ministério dos Transportes.

Pesquisa preliminar, ainda sujeita a ajustes, indica que a grossa maioria das superintendências estaduais é controlada pelo PR.

Das 27 unidades da federação, Luiz Antonio Pagot, em férias da direção-geral do Dnit, confiou entre 15 e 17 chefias a apadrinhados do PR.

Se levar às últimas consequências seus propósitos higienizadores, Dilma terá de lidar com uma saia justa palaciana.

Atribui-se à ministra petista Ideli Salvatti (Relações Institucionais) a indicação do superintendente do Dnit em Santa Catarina, João José dos Santos.

“Para ser levada a sério, a presidente tem de demitir o protegido da Ideli”, disse ao repórter, em timbre de sarcasmo, uma liderança do PR.

Dono de 40 votos na Câmara e seis no Senado, o PR espera que Dilma afaste também Hideraldo Caron, o poderoso diretor de Infraestrutua Rodoviária do Dnit.

Em privado, a presidente diz que a cabeça de Caron, filiado ao PT do Rio Grande do Sul, também será levada à bandeja. Mordido, o PR fustiga:

“Não há contrato relevante no Dnit que não tenha passado pela mesa dele [Caron]”, realça o mandachuva do PR que conversou com o repórter.

“O nosso pessoal foi afastado sem oportunidade de defesa. O Hideraldo Caron, homem do PT, continua lá. Por que a diferença de tratamento?”.

Por ora, foram ao cadafalso dos Transportes 12 pessoas vinculadas ao PR. Entre elas o ex-ministro Alfredo Nascimento (AM), presidente do partido.

Se Dilma cumprir a promessa de demitir Pagot depois das férias, a soma das cabeças levadas à guilhotina vai a 13. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Justiça confirma proibição da venda de agrotóxicos no Mercado Livre
SEM DEFESA
Advogada ameaça suicídio e júri é suspenso com réu sem defesa em MS
SUPERLUA
Maior superlua em 2019: o fenômeno astronômico que ocorre nesta terça-feira
AGRICULTURA
Em MS, Iagro e SES enfrentam venda e uso irregular de agrotóxicos na agricultura
MÚSICA
João Carlos Martins passa por cirurgia para tratar dor e tem movimento da mão reduzido
CIDADES
'Ganhei um presente embalado', diz mãe de bebê que nasceu dentro da bolsa amniótica
POLÍTICA
Nelsinho Trad é eleito coordenador da bancada de MS em Brasília
POLÍCIA
Tarado que tentou estuprar mulheres é procurado em cidade de MS
BONITO INFORMA TV
Fórum Municipal de Cultura de Bonito convoca comunidade para reunião sobre 20º Festival de Inverno
SAÚDE
Projeto Roda-Hans/Carreta da Saúde está atendendo hoje em Bonito