Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
quarta, 20 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Dilma defenderá em Bruxelas livre acordo com a União Européia

3 Out 2011 - 10h01Por Agência Estado

A presidente Dilma Rousseff chegou neste domingo em Bruxelas para a 5ª Cúpula Brasil-União Europeia, que começa hoje na capital belga, tendo como um dos objetivos destravar um acordo de livre comércio entre o Mercosul e o bloco europeu. A negociação sofre resistência de países como a França, que teme competição para seus produtores e foi interrompida em 2006, para ser retomada apenas este ano. Um dos mercados que a presidente vai tentar abrir na Europa é o setor de serviços. As discussões buscam fechar o acordo no ano que vem.

Hoje, no primeiro dia de reuniões da cúpula, a presidente vai reiterar, segundo informou a Agência Brasil, a preocupação com a crise econômica internacional. Para o governo brasileiro, a parceria com a União Europeia (UE) seria um dos mecanismos para mitigar os efeitos dos problemas enfrentados pelos países europeus e os Estados Unidos. A presidente já defendeu recentemente, em discursos feitos na Organização das Nações Unidas (ONU) e no Peru, que a crise foi causada pelos países ricos, e não pelos emergentes.

Ainda segundo a Agência Brasil, Dilma deve exigir ainda que o desenvolvimento sustentável faça parte da pauta de discussões da cúpula. Esse assunto será tema da Conferência Rio+20, que vai discutir em maio e junho do ano que vem, no Rio de Janeiro, preservação ambiental e economia verde.

Hoje a presidente deve se encontrar também com o secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jerome Valcke, para discutir os preparativos para a Copa do Mundo de 2014. A conversa deve incluir a Lei Geral da Copa, que trata de garantias feitas à Federação do futebol para a realização do mundial de futebol. O texto da lei foi encaminhado pelo governo ao Congresso, há cerca de duas semanas. Não há prazo para a votação na Câmara e no Senado.

A presidente desembarcou em Bruxelas ontem às 14 horas (9h pelo horário de Brasília) e, sem compromissos oficiais para hoje, visitou o Museu Magritte, que reúne parte do acervo de René Magritte (1898-1967), um principais artistas plásticos surrealistas belgas.

Na terça-feira ela vai abrir a 23ª edição do maior festival de artes da Europa, o Europalia, que neste ano homenageará o Brasil. O evento prevê 130 shows, 60 apresentações de dança e 40 de teatro, 20 exposições de artes visuais e 80 conferências literárias ao longo de três meses e meio, em cinco países: Bélgica, Luxemburgo, França, Alemanha e Holanda.

Também está previsto um encontro com o rei Albert II, da Bélgica. Dilma depois seguirá para a Bulgária, onde vai conhecer a família do pai dela, Pedro Rousseff, que emigrou para o Brasil. Ela ficará na Europa até o dia 9 e passará também pela Turquia. As informações são da Agência Brasil.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança