Menu
KAGIVA
segunda, 20 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Dilma considera precipitado rebaixamento de nota de crédito dos EUA

8 Ago 2011 - 16h16Por Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (8) que considerou precipitado o rebaixamento da nota de crédito dos Estados Unidos pela agência de classificação de riscos Standard and Poor’s. O rebaixamento, ocorrido na última sexta-feira (5), gerou incerteza nos mercados financeiros e bolsas de valores em todo o mundo operam em baixa hoje, em reação à decisão.

“Podemos deixar claro que não compartilhamos com a avaliação um tanto quanto rápida e, diria, não correta da agência que diminui o grau de valorização de crédito dos Estados Unidos”, destacou em declaração à imprensa após reunião com o primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper. Em seguida, durante entrevista a jornalistas, a presidenta disse que as avaliações apontam que houve erro nos cálculos feitos pela agência que resultaram no rebaixamento da nota norte-americana. "Em um momento desses não se pode tomar atitudes dessas que não têm base real."

Na conversa com o primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, a presidenta falou sobre a preocupação com o que ela classificou de “deterioração” da situação econômica mundial. “Expressei ao primeiro-ministro nossa preocupações com a deterioração da situação economia e financeira internacional. Políticas monetárias unilaterais, insensatez política na condução da economia, ajustes fiscais não completos comprometem o crescimento da economia mundial.”

Dilma ressaltou que é preciso ter clareza de que o Brasil não está imune à crise financeira internacional, mas tem condições de enfrentar o desafio. “Temos clareza de que não somos imunes, não vivemos numa ilha, mas o Brasil tem força suficiente para fazer frente a essa conjuntura”, disse .

A mudança na nota dos Estados Unidos, que passou de AAA para AA+, gerou incerteza ao piorar a nota do país que sempre foi considerado o melhor pagador entre os que emitem papéis para vender e pegar dinheiro emprestado no mercado financeiro. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VACINAÇÃO ATÉ DIA 31
Após dia D, crianças podem ser vacinadas até 31 de agosto em Bonito (MS)
PROPAGANDA ANTECIPADA
Juiz rejeita recurso e mantém multa de R$ 31,5 mil a Odilon por uso de outdoors
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Em 4 anos, Governo Reinaldo entrega mais pontes de concreto do que em toda história do Estado do MS
BONITO - MS
Jogos Escolares 2018 terão início nesta segunda-feira, dia 20 em Bonito
EM MIRANDA - MS - CASO DE POLÍCIA
Donos de casa noturna são presos por estupro coletivo de adolescente em Miranda
STOCK CAR
Vítima atropelada na Stock Car Light permanece no CTI
TJMS
Tribunal de Justiça triplica valor do "auxílio saúde" para juízes e desembargadores
ECONOMIA
Tesouro pagou em julho R$ 602,43 milhões em dívidas de estados
EDUCAÇÃO
Começam hoje inscrições para bolsas remanescentes do ProUni
JUSTIÇA
Ministras do STF conclamam mulheres a buscar igualdade pelo voto