Menu
KAGIVA
quinta, 16 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Desindustrialização: fabricante de calçados troca RS pelo exterior e corta vagas

17 Ago 2011 - 16h47Por Folha.com

A fabricante de calçados gaúcha Paquetá anunciou nesta terça-feira que vai transferir uma de suas indústrias no Rio Grande de Sul para a República Dominicana, o que vai gerar a perda de centenas de empregos no Estado.

Segundo a empresa, a unidade de Sapiranga (a 59 km Porto Alegre), que trabalhava apenas com calçados para exportação, tinha 1.400 funcionários e ficará com cerca de 800.

A Paquetá afirma que já alugou as instalações para outra empresa, que deve absorver 400 dos demitidos.

A Federação dos Trabalhadores na Indústria dos Calçados no Estado, porém, afirma que o número de trabalhadores cortados deve ser muito maior.

Em comunicado, a empresa afirma que tomou a medida para manter sua "competitividade industrial e continuar crescendo". Disse ainda que o país da América Central possui um acordo de livre comércio com os Estados Unidos, que é o principal mercado dos calçados produzidos.

Álvaro Boessio, da federação dos trabalhadores, diz que a Paquetá e outras indústrias estão indo atrás de salários iniciais mais baixos, o que pode provocar um fechamento generalizado de fábricas no Estado.

"A empresa tomou essa decisão de supetão, decidiu sair e pronto", diz Boessio.

A Paquetá é dona de outras marcas, como a Ortopé, e possui 255 lojas no Brasil e no exterior.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)
LOTERIA
Sul-mato-grossense ganha R$ 1 milhão na loteria da Caixa
STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais
SAÚDE
CFM lança código de ética para estudantes de medicina
ECONOMIA
Empresários brasileiros buscam ampliar parcerias com o Paraguai