Menu
KAGIVA
tera, 16 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Desemprego é maior causa da inadimplência na capital

5 Out 2011 - 10h46Por Correio do Estado

Pesquisa semestral Departamento de Estatística e Pesquisa (DEPE) da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) realizada com consumidores que procuram informações no balcão de atendimento do SCPC apontou que o desemprego é o maior causador da inadimplência na Capital.

Foram entrevistadas 400 pessoas e nada menos que 41% desse total confirmaram que não quitaram dívidas porque ficaram desempregadas. Pela ordem, as outras causas apontadas para inadimplência foram: descontrole de gastos, queda na renda e doença em família. A pesquisa foi realizada de 1 a 30 de setembro de 2011.

Nesse universo de inadimplentes (pouco mais de 100 mil pessoas), 75% confirmaram que estão novamente empregadas e por isso retornam ao mercado para quitar débitos. Conforme mostra a pesquisa, 74% pretendem quitar seus débitos atrasados nos próximos 30 dias.

A pesquisa mostra ainda um dado interessante: 34% dos inadimplentes têm renda familiar entre R$ 546,00 e R$ 1.090,00, aparecendo em seguida (21%) consumidores com salários entre R$ 1.091,00 e R$ 1.635,00. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRIGA INTERNA EM PLENA CAMPANHA
Conselho de Ética do PDT pede 'cabeça' de Odilon por apoio a Bolsonaro
BONITO - MS - OBRAS E MELHORIAS
BONITO: Agesul e prefeitura concluem revitalização de mais de 70 KM da estrada vicinal da La Lima
ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE
Bolsonaro lidera em 4 regiões; Haddad está na frente no Nordeste, VEJA OS GRÁFICOS
LUTO NA TV
Aos 78 anos, morre o jornalista Gil Gomes
TRAGÉDIA
Menina de 2 anos é atropelada na garagem de casa quando mãe dava ré no carro, em Campo Grande
APOIO À REINADO AZAMBUJA
Deputado do MDB reúne prefeitos, vereadores e lideranças de MS em apoio à Reinaldo Azambuja
BONITO - MS
Conhecimento e muita diversão marcaram o 7° Acampamento do Instituto Mirim Ambiental de Bonito
DESAPARECEU
Servidora pública com depressão desaparece e preocupa família
PESQUISA IBOPE PARA PRESIDENTE
IBOPE: Para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
BONITO - MS - RIO MIRANDA
Em Bonito, Rio Miranda volta ao nível normal e Defesa Civil monitora as regiões mais afetadas