Menu
ITALÍNEA DOURADOS
segunda, 10 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca

Depoimento de agente da PF que matou policial militar durou 5 horas

17 Mai 2011 - 08h06Por Campo Grande News

Durou cerca de 5 horas o depoimento à Polícia Civil do policial federal Leonardo de Lima Pacheco, 38 anos, como parte do inquérito em que ele foi indiciado pelo homicídio do policial militar Sandro Morel, 36 anos, e a tentativa de homicídio de outro policial militar, José Pereira.

Foi a primeira vez que Leonardo deu sua versão sobre o tiroteio em que também foi baleado, após marcar na internet um encontro com a guarda municipal Zilda Ramires, 44 anos.

A defesa de Leonardo argumentou que ele agiu em legítima defesa, diante da invasão de seu apartamento pelas três pessoas, sem mandado de busca.

A história-A confusão começou com uma conversa na internet entre Zilda e o policial. Ele disse à Zilda que era traficante, e ela acionou a equipe do serviço de inteligência da Polícia Militar na cidade com o intuito de prendê-lo.

A defesa de Leonardo argumentou que ele agiu em legítima defesa, diante da invasão de seu apartamento pelas três pessoas, sem mandado de busca.

A assessoria de imprensa da PF (Polícia Federal) informou que Leonardo vai voltar ao trabalho normalmente e que será alvo de uma sindicância para apurar os fatos.

O agente ficou preso até quinta-feira passada, quando foi concedida a liberdade provisória pelo juiz Adriano da Rosa Bastos, da 3ª Vara Criminal de Dourados. A decisão impõe condições, como foi sugerido pelo Ministério Público Estadual.

Ele deverá manter a Justiça informada sobre seu endereço e comunicar viagens superiores a 8 dias. Também não poderá ser transferido pela Polícia Federal para outra cidade, para não trabalhar o andamento do processo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADES NO MS
UFMS abre 74 vagas para professores substitutos com salário de até R$ 6 mil em 7 cidades do MS
VÍDEO - UFC - MARRETA
Assista ao nocaute de Thiago Marreta sobre Manuwa no UFC
DOURADOS - ASSALTO À IDOSA
Idosa é espancada, esfaqueada e vai parar na UTI após assalto em Dourados
AÇÕES DA G.M DE BONITO
Guarda Municipal de Bonito prende condutor embriagado em flagrante
AÇÕES DA GUARDA MUNICIPAL DE BONITO
Menores são presos por estarem destruindo o patrimônio público em Bonito
CONCURSOS
EDITAL da Polícia Militar abre 120 vagas com salário de R$ 5.769,42
TECNOLOGIA - ANDROIDS
Estes 22 apps detonam a bateria de milhões de Androids; veja a lista
BONITO - MS - NO JAPÃO - MMA
Bonitenses Sidy Rocha e a Edna Trakinas lutam neste domingo em Tokyo no Japão
BONITO - MS - AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador entrega na terça-feira mais de R$ 36 milhões em obras em Bonito (MS)
DOR E TRISTEZA
Gabrielly começou a ser agredida por colegas após presentear professora, diz família