Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
quinta, 21 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS
Capital

Denunciado por assédio, médico recebe nova punição do CRM

Desta vez, a censura pública ao profissional foi por indisciplina

16 Nov 2011 - 10h15Por campograndenews

Denunciado por atos libidinosos, o médico Wilson Roberto Cardoso Farias recebeu nova punição do CRM (Conselho Regional de Medicina). Desta vez, a censura pública foi por indisciplina.

De acordo com o advogado do conselho, André Borges, o profissional deixou de prestar esclarecimentos ao CRM e não preencheu prontuário médico.

No ano passado, Wilson Roberto foi punido com censura pública pelo CRM por assédio sexual a pacientes em Campo Grande. Ele também teve o registro suspenso por 30 dias, mas recorreu à justiça federal, que cancelou a suspensão.

As pacientes denunciaram que o médico, que é obstetra e ginecologista, praticava atos libidinosos durante a consulta.

À época da primeira punição, o médico trabalha no posto de saúde do bairro Mata do Jacinto, em Campo Grande. A punição com censura pública tem efeito moral, mas não cassa o registro profissional

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança