Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
quarta, 20 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Delegação brasileira nos Jogos Militares terá campeões olímpicos e mundiais

14 Jul 2011 - 18h05Por Agência Brasil

A delegação brasileira nos Jogos Mundiais Militares, que começam oficialmente sábado (16), tem nomes de peso entre os 268 atletas participantes. Entre as estrelas que foram incorporadas às Forças Armadas e vão competir nos próximos dias, estão campeões mundiais e ganhadores de medalhas olímpicas em esportes coletivos e individuais.

Dois dos destaques da equipe brasileira são os campeões olímpicos de vôlei Anderson Rodrigues e Valeska Menezes. Anderson foi medalha de ouro em Atenas, em 2004, prata em Pequim, em 2008, e bicampeão mundial, em 2002 e 2006, e hexacampeão da Liga Mundial, entre 2001 e 2007. Já Valeska foi ouro em Pequim, tricampeã do Grand Prix feminino (em 2004, 2005 e 2008) e vice-campeã da Copa do Mundo, em 2003.

Da seleção brasileira de futebol feminino para a seleção das Forças Armadas, vieram Andreia dos Santos, conhecida como Maycon, e Tânia Maranhão, ambas ganhadoras da medalha de prata em Atenas e Pequim e de ouro nos Jogos Pan-Americanos, em duas edições: 2003 e 2007.

No atletismo, destacam-se Jadel Gregório, que liderou o ranking mundial de salto triplo em 2007, ano em que também foi vice-campeão mundial, e Vicente Lenílson, prata no revezamento 4x100m nos Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000, e vice-campeão mundial na mesma prova.

Três ganhadores de medalhas olímpicas estão na equipe de judô: Tiago Camilo (prata em 2000 e bronze em 2008), Leandro Guilheiro (bronze em 2004 e 2008), Flavio Canto (bronze em 2004) e Ketleyn Quadros (bronze em 2008). Há ainda, na vela, a iatista Isabel Swan, que ficou com o bronze em Pequim, na categoria 470.

No entanto, a disputa não será fácil. Outros países também vêm com estrelas olímpicas para o Rio de Janeiro, entre eles, ganhadores de medalha de ouro em Pequim, como a corredora queniana Nancy Langat (1.500 metros), o atirador ucraniano Oleksandr Petriv (tiro rápido de pistola a 25 metros), a judoca italiana Giulia Quintavalle e a judoca romena Alina Alexandra Dumitru.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança