Menu
KAGIVA
sbado, 18 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Delegação brasileira nos Jogos Militares terá campeões olímpicos e mundiais

14 Jul 2011 - 18h05Por Agência Brasil

A delegação brasileira nos Jogos Mundiais Militares, que começam oficialmente sábado (16), tem nomes de peso entre os 268 atletas participantes. Entre as estrelas que foram incorporadas às Forças Armadas e vão competir nos próximos dias, estão campeões mundiais e ganhadores de medalhas olímpicas em esportes coletivos e individuais.

Dois dos destaques da equipe brasileira são os campeões olímpicos de vôlei Anderson Rodrigues e Valeska Menezes. Anderson foi medalha de ouro em Atenas, em 2004, prata em Pequim, em 2008, e bicampeão mundial, em 2002 e 2006, e hexacampeão da Liga Mundial, entre 2001 e 2007. Já Valeska foi ouro em Pequim, tricampeã do Grand Prix feminino (em 2004, 2005 e 2008) e vice-campeã da Copa do Mundo, em 2003.

Da seleção brasileira de futebol feminino para a seleção das Forças Armadas, vieram Andreia dos Santos, conhecida como Maycon, e Tânia Maranhão, ambas ganhadoras da medalha de prata em Atenas e Pequim e de ouro nos Jogos Pan-Americanos, em duas edições: 2003 e 2007.

No atletismo, destacam-se Jadel Gregório, que liderou o ranking mundial de salto triplo em 2007, ano em que também foi vice-campeão mundial, e Vicente Lenílson, prata no revezamento 4x100m nos Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000, e vice-campeão mundial na mesma prova.

Três ganhadores de medalhas olímpicas estão na equipe de judô: Tiago Camilo (prata em 2000 e bronze em 2008), Leandro Guilheiro (bronze em 2004 e 2008), Flavio Canto (bronze em 2004) e Ketleyn Quadros (bronze em 2008). Há ainda, na vela, a iatista Isabel Swan, que ficou com o bronze em Pequim, na categoria 470.

No entanto, a disputa não será fácil. Outros países também vêm com estrelas olímpicas para o Rio de Janeiro, entre eles, ganhadores de medalha de ouro em Pequim, como a corredora queniana Nancy Langat (1.500 metros), o atirador ucraniano Oleksandr Petriv (tiro rápido de pistola a 25 metros), a judoca italiana Giulia Quintavalle e a judoca romena Alina Alexandra Dumitru.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governador afirma que pavimentação asfáltica da MS-223 começa nos próximos dias em Costa Rica
INELEGÍVEL
Procuradoria pede impugnação de candidatura do Zeca do PT
BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'
ACIDENTE
Mulher é arremessada e morre em capotamento de veículo na BR-359
CIDADES
Mutirão vai analisar 11 mil processos de presos condenados em MS