Menu
KAGIVA
segunda, 22 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Decisão sobre ocupação da Fazenda Santa Clara pelos Kadiwéus, em Bonito, será do STF

4 Abr 2011 - 17h51Por Campo Grande News

Grupo de 15 índios da etnia kadiwéu continua acampado na Fazenda Santa Clara, a 65 quilômetros de Bonito, há 22 dias e a decisão sobre a situação caberá ao STF (Supremo Tribunal Federal).

A Justiça Federal de Mato Grosso do Sul afirmou não ter competência para julgar o pedido de revigoramento da liminar que mantém a posse da fazenda aos proprietários. Por conta disso, o processo seguiu nesta segunda-feira para Brasília.

Norival Nunes, advogado da família proprietária da fazenda, acrescenta que foi solicitada urgência no julgamento do pedido. Há três semanas, um casal de funcionários foi mantido refém pelos indígenas.

Foi necessária intervenção da Funai (Fundação Nacional do Índio) para retirada dos funcionários do local, além de obrigar os índios a desocupar a sede da fazenda.

Segundo os proprietários, os indígenas têm roubado e matado gado, mas as informações não foram confirmadas.

Os índios kadiweu que moram na reserva próxima à fazenda Santa Clara reivindicam a demarcação da propriedade como área indígena. No entanto, os proprietários conseguiram na justiça, em 2003, liminar de manutenção da posse da área.

Outra invasão – Em Miranda, indígenas da etnia terena invadiram a Fazenda Petrópolis, de propriedade do ex-governador Pedro Pedrossian. Na fazenda, o clima é tranqüilo.

Na propriedade vizinha, Charqueada, o clima é mais tenso. Os indígenas estão com foice, machado, arcos e lanças, e não aceitam o diálogo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE DURANTE ASSALTO
Jovem é morta na frente das filhas durante assalto
GERAL
Mães que não fazem pré-natal podem ser denunciadas
BONITO - MS
Certificado inclui Bonito no Mapa do Turismo Brasileiro
PESQUISA 2º TURNO - GOVERNADOR
Reinaldo tem 54% em nova pesquisa divulgada nesta segunda-feira 22 de outubro
EMPREGOS
MS tem mais de 2 mil vagas em concursos e salários de até R$ 11 mil
CIDADES
Discussão por xenofobia termina com baiano esfaqueado em MS
CINEMA
Com crítica política, animação brasileira é destaque em festival
GERAL
Para presidente da CBL, falta de leitura favorece notícias falsas
EDUCAÇÃO
Inscritos no Enem podem checar local de provas a partir de hoje
BONITO - MS - APROVADO NA CÂMARA
Câmara aprova projeto de proibição da taxa de religação de água pela Sanesul em Bonito (MS)