Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
sbado, 16 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Decisão sobre ocupação da Fazenda Santa Clara pelos Kadiwéus, em Bonito, será do STF

4 Abr 2011 - 17h51Por Campo Grande News

Grupo de 15 índios da etnia kadiwéu continua acampado na Fazenda Santa Clara, a 65 quilômetros de Bonito, há 22 dias e a decisão sobre a situação caberá ao STF (Supremo Tribunal Federal).

A Justiça Federal de Mato Grosso do Sul afirmou não ter competência para julgar o pedido de revigoramento da liminar que mantém a posse da fazenda aos proprietários. Por conta disso, o processo seguiu nesta segunda-feira para Brasília.

Norival Nunes, advogado da família proprietária da fazenda, acrescenta que foi solicitada urgência no julgamento do pedido. Há três semanas, um casal de funcionários foi mantido refém pelos indígenas.

Foi necessária intervenção da Funai (Fundação Nacional do Índio) para retirada dos funcionários do local, além de obrigar os índios a desocupar a sede da fazenda.

Segundo os proprietários, os indígenas têm roubado e matado gado, mas as informações não foram confirmadas.

Os índios kadiweu que moram na reserva próxima à fazenda Santa Clara reivindicam a demarcação da propriedade como área indígena. No entanto, os proprietários conseguiram na justiça, em 2003, liminar de manutenção da posse da área.

Outra invasão – Em Miranda, indígenas da etnia terena invadiram a Fazenda Petrópolis, de propriedade do ex-governador Pedro Pedrossian. Na fazenda, o clima é tranqüilo.

Na propriedade vizinha, Charqueada, o clima é mais tenso. Os indígenas estão com foice, machado, arcos e lanças, e não aceitam o diálogo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - COLISÃO MATOU OS DOIS
Em Dourados, VÍDEO mostra colisão frontal entre motos que matou dois, assista
BONITO - MS - NOVO HORÁRIO
Com o fim do horário de verão Balneário tem novo horário de funcionamento em Bonito (MS)
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO
Meio Ambiente pede mais 10 policiais e 3 viaturas para PMA em Bonito (MS)
MARACAJU - SEGURANÇA
Em Maracaju, Operação Petra cumpre 18 mandados de busca e apreensão e prende três pessoas
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Na fronteira, Reinaldo entrega R$ 1,4 milhão em equipamentos agrícolas
POLÍCIA
Homem é preso em MS por estuprar crianças, filmar e divulgar vídeos
EMPREENDEDORISMO
Seleção oferecerá consultoria gratuita para 200 mulheres em MS
MEIO AMBIENTE
Em 15 dias, polícia ambiental capturou 8 cobras em residências de MS
POLÍCIA
Militares rodoviários são presos pelo Bope com dinheiro de propina em MS
GERAL
Campanha de fiscalização vai vistoriar quase dois mil veículos do sistema intermunicipal