Menu
KAGIVA
sŠbado, 19 de janeiro de 2019
ITAL√ćNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC

Dados positivos nos EUA sustentam alta de quase 3% da Bovespa

11 Ago 2011 - 16h17Por Folha.com

Números positivos sobre o mercado de trabalho nos Estados Unidos deram um alívio às Bolsas mundiais nesta quinta-feira. A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) opera em alta desde o começo do dia, seguindo o movimento de valorização do mercado norte-americano.

Às 13h20, o Ibovespa, principal termômetro dos negócios da Bolsa paulista, tinha valorização de 2,86%, aos 52.866 pontos. Nos EUA, o Dow Jones subia 2,43%.

No mesmo horário, o dólar comercial era negociado por R$ 1,630, em alta de 0,30%. A taxa de risco-país marca 215 pontos, com queda de 3,58% ante a pontuação anterior.

Na Europa, os mercados subiram, após uma sessão de muitas oscilações. Em Londres, o índice Financial Times registrou variação positiva de 3,10%. Em Paris, o CAC-40 subiu 2,88%. Já em Frankfurt, o DAX apontou alta de 3,28%.

Menos norte-americanos entraram para a lista de desempregados na semana passada, e esse raro relatório positivo sobre a economia dos EUA impulsiona as Bolsas hoje.

O número de pessoas que entrou com pedido inicial de recebimento do auxílio-desemprego caiu em 7.000 na semana passada, para 395 mil, contra previsão de 400 mil.

Foi a primeira vez que o número ficou abaixo dos 400 mil em quatro meses, um sinal de que o mercado de trabalho norte-americano pode estar melhorando lentamente.

Os investidores tem visto poucos dados positivos sobre a economia dos EUA desde que o governo anunciou no mês passado que o ritmo de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) no primeiro semestre de 2001 foi o pior desde que a recessão acabou, em 2009.

As preocupações sobre a recuperação fraca da economia e o primeiro rebaixamento da nota da dívida americana da história contribuíram para a grande volatilidade das Bolsas nesta semana.

Além disso, as preocupações com a crise de endividamento na Europa também influenciaram os mercados. Os investidores se concentraram particularmente nos bancos franceses nos últimos dias.

Hoje, o presidente do Banco Central da França afirmou que os bancos do país estão sólidos, e culpou "rumores infundados" pela forte queda em suas ações.

Os líderes da França e da Alemanha, as maiores economias da região, afirmaram que vão se encontrar na semana que vem para conversar sobre como resolver as dificuldades financeiras da Europa.

O mercado teme que os problemas de endividamento dos países europeus poderiam prejudicar os bancos que possuem títulos da dívida de alguns deles.

Por conta da grande interligação do sistema financeiro global, problemas nos bancos europeus poderiam levar mais estragos às instituições financeiras e à economia dos Estados Unidos.

Deixe seu Coment√°rio

Leia Também

CONTAS SUBIRAM AL√ČM DA CONTA
Procon/MS notifica Energisa por altas abusivas na conta de energia
PREVISÃO DO TEMPO
Defesa Civil emitiu alerta sobre chuvas intensas para este s√°bado e domingo em todo MS
SITUAÇÃO CONTURBADA
Datena é acusado de assédio sexual por ex-repórter da Band
NA CAPITAL DO ESTADO
Homem de 60 anos atira na ex e se joga de cachoeira em Campo Grande
RAIOS E TEMPORAL
Tempo vira e raio atinge residência de vereador e causa prejuízos em cidade do MS
BONITO - MS - A√á√ÉO DA POL√ćCIA MILITAR
Abordagem rende duas pris√Ķes, uma com mandato e outra de bebida alco√≥lica a menor em Bonito (MS)
BONITO - MS - MARIA DA PENHA
Mais uma ocorrência de violência doméstica é registrada e armas de fogo apreendida em Bonito (MS)
BONITO - MS - LUTO
Bonito (MS) perde a 'lenda viva' Felipe Barbeiro, familiares pedem ora√ß√Ķes
POL√ćCIA
Carreta com 4,6 toneladas de maconha que saiu de MS é apreendida em SP
VEM MAIS POR A√ć
Com calor de 39¬ļC, MS tem duas cidades na lista das mais quentes do pa√≠s