Menu
KAGIVA
segunda, 22 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Dados mostram que em site de paquera opostos não se atraem, diz pesquisa

12 Jul 2011 - 09h46Por Revista Veja online

Quando se trata de paquerar na web, os opostos não se atraem. É o que concluiu um estudo de pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. Os cientistas reviraram dados de um grande site de namoro on-line e descobriram que seus usuários procuram candidatos com características semelhantes para iniciar uma relação.

Com base no número de mensagens recebidas, os cientistas mediram a popularidade de mais de 3.000 casais heterossexuais e analisaram cada caso. Resultado: usuários muito populares dão preferência a outros igualmente populares. Ao mesmo tempo, os usuários menos populares também tendem a escolher alvos com perfil semelhante.

Os pesquisadores realizaram então uma outra análise com mais de um milhão de usuários e encontraram resultados semelhantes: quando o assunto é paquerar na internet, os usuários tendem a manter distância de perfis de popularidade muito maior ou muito menor que a sua.

A pesquisa, feita pelo Berkley Online Relationship Lab da Universidade da Califórnia, reforça nas redes sociais conclusões tiradas de estudos anteriores para os relacionamentos fora da internet. No ano passado, um equipe da Michigan State University entrevistou 1.296 casais e e chegou a resultados similares para explicar a formação dos pares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS
Certificado inclui Bonito no Mapa do Turismo Brasileiro
PESQUISA 2º TURNO - GOVERNADOR
Reinaldo tem 54% em nova pesquisa divulgada nesta segunda-feira 22 de outubro
EMPREGOS
MS tem mais de 2 mil vagas em concursos e salários de até R$ 11 mil
CIDADES
Discussão por xenofobia termina com baiano esfaqueado em MS
CINEMA
Com crítica política, animação brasileira é destaque em festival
GERAL
Para presidente da CBL, falta de leitura favorece notícias falsas
EDUCAÇÃO
Inscritos no Enem podem checar local de provas a partir de hoje
BONITO - MS - APROVADO NA CÂMARA
Câmara aprova projeto de proibição da taxa de religação de água pela Sanesul em Bonito (MS)
NOVELA DA GLOBO
Segundo Sol: Por Karola, Deborah Secco passa a tesoura no cabelão; veja o novo visual
MUNDO DA TV
Fábio Porchat pede demissão da Record